Gastronomia Sabores de Portugal Vinhos Wines

A Origem da Carne de Porco à Alentejana

História e origem da Carne de Porco à Alentejana

A Origem da Carne de Porco à Alentejana

Sobre a origem da carne de porco à alentejana, muito se diz, conta e especula.

carne-de-porco-alentejana-1-e1518262817515
Depois temos os testemunhos, os historiadores e a arqueologia. Em que ficamos ?

Carne de Porco a Alentejana 1


Receita

Ingredientes:

  • 2dl e 1/2 de vinho branco
  • 800 grs de carne de porco tenra
  • 3 dentes de alho
  • 2 colheres de (sopa) de massa de pimentão
  • sal e pimenta q.b.
  • 1 raminho de coentros
  • 2 folhas de louro
  • 1 limão
  • 125 grs de banha
  • 800 grs de amêijoas

Confecção:

Corte a carne em cubos com cerca de 30 grs cada e tempere com massa de pimentão, o alho esmagado, as folhas de louro, sal e pimenta e o vinho branco.

Envolva tudo muito bem e deixe nesta marinada cerca de +- 4 horas.

Entretanto ponha as amêijoas em água com sal durante 2 horas para perderem a areia; findo esse tempo lave-as muito bem em água corrente.

Deite a banha numa frigideira grande e quando estiver quente, deite a carne bem escorrida e deixe fritar, mexendo de vez em quando, até ficar frita e loura; junte depois o líquido da marinada e deixe ferver cerca de 2 minutos e junte depois as amêijoas.

Vá mexendo e logo que as amêijoas estejam abertas, junte os coentros picados.

Misture bem e sirva imediatamente decorado com gomos de limão.
Acompanhe com batatas cozidas ou fritas.


Harmonização com vinhos (Wine Pairing)

Temos um prato que equilibra carne de porco com um bivalve.

Sendo um prato maioritariamente de carne, nada nos diz que os vinhos têm que ser necessariamente tintos.

bom estágio em madeira requer-se se optar por vinhos tintos encorpados
Ligeiro estágio em madeira, sem marcar muito o vinho

Podemos então optar por vinhos tintos com taninos mas macios, ligeiro estágio em madeira ou de madeira mais discreta, alguma evolução e simultaneamente com algumas notas especiadas.

Em alternativa, temos vinhos brancos, com estrutura, madeira discreta com maceração parcial, menos acidez e mais redondos.


9 Vinhos Tintos

9 Vinhos Brancos


Uma das histórias que consta e é o paradoxo da que se conta, diz que durante a ocupação muçulmana, os famintos soldados dos invasores iam a casa da população com o propósito de roubar refeições.

muculmana
Ora sabendo que os islamitas não comem carne de porco, era precisamente o que preparavam.

Porco-Alentejano-11
Claro que a adição da batata só aconteceu após a descoberta das Américas e depois de se ter provado que o tubérculo não era venenoso !!!

Porco-Alentejano-5
Após o Rei D. Manuel I ter levado à conversão forçada das populações não-cristãs em 1495 (Judeus e Muçulmanos cuja religião os proibia de consumo de tal alimento), o consumo de carne de porco no Alentejo chegou tardiamente e só então se generalizou !!!

hqdefault
É uma singular refeição que combina um mamífero com um bivalve molusco no mesmo prato.

receita-carne-porco-alentejana-tradicional
O ritual da matança da carne de porco à época iniciou-se, e possivelmente vemos então A Origem da Carne de Porco à Alentejana !! Uma forma de mostrar a conversão ao cristianismo. Até comiam carne de porco.

IMG_0193[1]
Existe por via de ter um produto de mar como a amèijoa, que a origem seja no Algarve.

DSC00605-e1518262880370
No Algarve os porcos, além de eram alimentados com farinha de peixe, espinhas ou restos de indústria de conservas, dando assim à carne um sabor marinho, daí que para disfarçar se tenha acrescentado as amêijoas.

cpal
Os defensores da origem alentejana viram a necessidade de “vender” a ideia como carne de porco à Alentejana, dado que a sua carne era de muito melhor qualidade.

carnedeporcoalentejana-e1518262794211
Mas o leitor não se preocupe muito. O que conta mesmo é o bom sabor, a excelência dos ingredientes e saber que como em tudo, existe sempre um punhado de boas histórias !

1200px-Carne_de_porco_à_Alentejana

Mas é bela a discussão sobre A Origem da Carne de Porco à Alentejana .

 

 

 

6 Comentários

  1. Boa tarde. Agradeço a receita, pois comemos em Évora em agosto passado, o porco a Alentejana, sentados à praça central. Harmonizamos com um Esporão Branco e ficou maravilhoso. Agora com a receita, iremos repetir aqui no Brasil.
    Felicidades

  2. Parece.me bem essa ideia na wok, pq o resto já faz parte da receita, ah! E coentros?????

  3. Adoro Carne de Poco à Alentejana, e vou fazer esta receita numa Wok, com as batatas fritas cortada em cubos e servidas separadamente, de minha autoria sirvo também pickles, que combinam bem.

Deixe o seu comentário