Segredos Vinhos

Saiba como guardar um vinho depois de aberto

abrir-vinho

Já lhe aconteceu organizar um jantar com amigos em sua casa e no fim ficarem garrafas de vinho a meio? Neste artigo vai saber como pode conservar essas garrafas de vinho da melhor maneira para voltar a apreciá-las noutra altura.

Usar rolhas de vácuo

As rolhas normais não evitam o processo de oxidação do vinho, elas também não impedem que os cheiros de outros alimentos mais fortes invadam a garrafa, deixando o seu vinho com um sabor e o aroma adulterados.

A rolha de vácuo extrai o oxigénio de dentro da garrafa, faz a selagem e não permite a entrada de ar na garrafa. Dessa forma, um vinho que duraria, em média, 2-3 dias dentro do frigorífico, pode chegar a até uma semana praticamente inalterado.

Clique aqui para encontrar rolhas de vácuo a um preço interessante.

Guardar a garrafa na posição correcta

Sempre que possível guarde as suas garrafas de vinho num local escuro e com uma temperatura amena. Vale a pena lembrar que o melhor local para guardar as suas garrafas de vinho é numa adega, mas é claro que essa não é a realidade da maioria das pessoas. Por isso, pode manter a sua garrafa dentro do frigorífico — desde que você respeite algumas das seguintes regras:

  • Mantenha a garrafa em pé, pois se ela estiver deitada, a maior superfície do líquido vai circular e entrar em contacto com o ar dentro da garrafa, provocando a oxidação de que já falamos;
  • Não guarde o vinho na porta do frigorífico, isto porque ao abrir a porta faz agitar o líquido fazendo com que ele oxide mais rapidamente.

Não usar a mesma rolha

Muitas pessoas não sabem mas não é recomendado fechar o vinho aproveitado a mesma rolha. Isto porque essa rolha não vai vedar bem e o contacto com o ar faz iniciar o processo de deterioração do vinho — a chamada oxidação.

Mesmo colocando a rolha no gargal da garrafa o mais fundo possível, o ar acaba ultrapassando os poros da rolha, continuando com o processo de oxidação mesmo com a garrafa fechada dentro do frigorífico.

 

Manter o vinho na temperatura certa

É importante não armazenar a sua garrafa de vinho com temperaturas superiores a 22 graus. Tem de arranjar um local onde ela seja refrigerada ou com uma temperatura manifestamente inferior à referida acima.

Se usar um frigorífico para guardar a sua garrafa de vinho pode manter a mesma temperatura que utiliza habitualmente. Antes de beber o vinho deve tirar a garrafa 20 minutos antes para a temperatura de serviço subir um pouco e o vinho ser servido na sua temperatura ideal.

Atenção aos seguintes prazos de guarda

A duração de um vinho aberto dentro do frigorífico vai depender do tipo vinho. Normamente são 2 a 3 dias como o prazo ideal para que o vinho guardado mantenha as suas principais propriedades e possa ser apreciado novamente.

Na seguinte tabela pode ser quais os prazos recomendados de guarda para os seus vinhos, guardados no frigorífico:

  • Vinho Tinto – 3 dias;
  • Vinho Branco – 2 a 3 dias;
  • Vinho Rosé – 2 dias;
  • Vinhos Fortificados (Vinho do Porto, Madeira, Moscatel) – 20 a 30 dias.

Existem vários factores que podem influenciar a duração de cada vinho nomeadamente a sua acidez, o contacto com o oxigénio e a quantidade de taninos de açúcar. Um vinho com mais taninos ou maior quantidade de açúcar, por exemplo, tende a durar mais alguns dias.

Beber vinho sem abrir a garrafa

Além do sistema a vácuo que já citamos acima, existe também um sistema revolucionário que permite aceder aos vinhos sem abrir a garrafa. Este sistema designado por Coravin, utiliza uma agulha fina e oca que é introduzida na rolha, pelo que o dispositivo só funciona em garrafas com rolhas de cortiça. Desta forma, a agulha chega ao vinho, sem danificar a rolha. De seguida, a garrafa é pressurizada com árgon, um gás inerte usado no processo de produção de vinho, que permite que o vinho saia pela agulha. O espaço que era ocupado pelo vinho é substituído pelo árgon, sem deixar entrar oxigénio na garrafa e impedindo o vinho de oxidar. Assim que a agulha é removida, a rolha retoma a sua forma, porque a cortiça é um músculo, e o restante vinho na garrafa continua a evoluir naturalmente durante meses ou mesmo anos.

 

Veja como funciona no vídeo em baixo:

 

 

Agora que já conhece algumas dicas de como pode guardar um vinho depois de aberto já não tem desculpa para não abrir aquela garrafa especial que está na sua garrafeira. Bom proveito!

Deixe o seu comentário