Gastronomia Sabores de Portugal Vinhos Wines

O Histórico e Afamado Leitão da Bairrada

leitao-da-bairrada-9

O Histórico e Afamado Leitão da Bairrada

O Histórico e Afamado Leitão da Bairrada é um dos pratos regionais mais conhecidos e apreciados da região da Bairrada, em Portugal.

leitao-da-bairrada-2

Falar de sabores nacionais é falar também de harmonização dos vinhos com a gastronomia.

Portugal tem inúmeros sabores e paladares endógenos, logo, diversas formas de combinarmos vinhos e gastronomia.

Para o histórico e afamado Leitão da Bairrada temos diversas opções. Os espumantes da Bairrada são bem vindos, mas temos também diversas opções para combinar com a delicada carne do leitão.


Receita

Ingredientes

  • 1 leitão com cerca de 6 kg
  • alhos pisados
  • sal grosso
  • bastante pimenta
  • banha
  • 1 ramo de salsa

Preparação

Enfia-se o leitão num espeto e barra-se por dentro com a mistura de banha, dentes de alho pisados, sal e pimenta, sendo cheio com o molho por dentro.

Coze-se o porco com agulha e fio de cozinha enquanto se aquece o forno de cozer pão.

Mete-se o leitão no forno, colocando-se por baixo o recepiente para recolher a gordura que escorre.

De meia em meia hora, retira-se o leitão do forno e passa-se com um pano na pele, para limpar o excesso de gordura.

Chama-se a isto “constipar” o leitão.

Ao tirar o leitão e limpá-lo, este sofre um choque frio, o que vai levar a que o assado fique com a pele dura e estaladiça.

O tempo de cozedura varia entre 1 hora e meia a duas horas.

Depois de assado retira-se do espeto, dispõe-se numa travessa e serve-se bem quente enfeitado com rodas de laranja e alface.

Acompanha-se com batatas fritas.

12 Vinhos Recomendados


Origem

Apesar de se saber que os romanos já apreciavam o histórico e afamado Leitão da Bairrada, não são muitos os livros de gastronomia que o referem assado.

leitao-da-bairrada-8

Facto é que desde o século XVII que a criação de suínos se tornou excedentária em terras da Bairrada e esse facto constituiu um grande impulso que o levou à sua comercialização.

O documento mais antigo que se refere a esta iguaria é uma receita conventual de 1743, provavelmente do Mosteiro do Lorvão ou do Mosteiro da Vacariça.

leitao-da-bairrada-4

Sem consenso

Devido a esta falta de documentação mais exacta, todos os concelhos da região da Bairrada reivindicam a sua origem, desde o concelho da Mealhada, a Sul até ao de Águeda, a Norte, não sendo consensual e gerando várias disputas.

É do conhecimento geral que os homens primitivos se alimentavam dos animais que caçavam, da pesca e de frutos silvestres.

Antes da descoberta do fogo a carne e o peixe eram comidos crus e depois começaram a assá-los, é claro, sem nenhum tempero.

leitao-da-bairrada-3

Com a pastorícia e o homem recolector já matavam e comiam alguns dos animais que criavam.

O porco, aliás como os outros animais era selvagem (ainda tem o seu parente javali em estado selvagem) mas começou a ser domesticado e comido.

A partir dos Séc XVI

Sabe-se que na Idade Média já era assado no espeto com lume por baixo.

leitao-da-bairrada-7

Como referido em parágrafo anterior, asua origem na Bairrada e seu modo de assar não é de todo consensual.

Nos três concelhos onde o leitão é mais vulgar (Anadia, Águeda e Mealhada) há bairristas que dizem que foi no seu concelho que nasceu o Leitão da Bairrada.

Fiquemos pelo bom leitão e um bom vinho a acompanhar; pensamos nestas discussões depois.
Fiquemos pelo bom leitão e um bom vinho a acompanhar; pensamos nestas discussões depois.

Discussões à parte, queremos é um bom leitão à nossa mesa e um excelente vinho ou espumante. Continuamos a discussão mais tarde.


Ver ainda

A fabulosa Laranja do Algarve IGP

 

Deixe o seu comentário