Menus Completos Outros Sabores Turismo Vinhos Wines

Sabores de Portugal – Alfarroba

vagemalfarroba

A alfarroba é um fruto muito rico em açúcar, proteína e galactomananos.

Tarte de Alfarroba

 Chefe António Nobre (Hotel Cartuxa de Évora)

Ingredientes:

Massa

  • 130 gr farinha trigo
  • 3 (colheres sopa) de banha porco
  • Sal Marinho q.b.
  • 14 (colheres sopa) de água.

Recheio

  • 140 gr de açúcar
  • 100 gr de amêndoa
  • 6 ovos inteiros
  • 75 gr farinha de alfarroba

Confeção:

Para preparar a massa: ferva a água, com um pouco de sal e a banha.

Acrescente de uma só vez, mexendo sempre até a massa se soltar e formar uma bola.

Coloque a massa sobre uma travessa e deixe arrefecer.

Polvilhe a mesa de cozinha com um pouco de farinha e com um rolo estenda a massa até ficar uma placa com mais ou menos 2 cm de espessura.

Forre uma forma de fundo solto.

Entretanto ligue o forno á temperatura de 180º. (forno médio)

Para preparar o recheio: bata as gemas com o açúcar até formar um creme homogéneo, junte a amêndoa e a farinha de alfarroba e misture tudo muito bem.

Bata as claras em castelo e envolva na mistura anterior suavemente com a mão. Deite o preparado na forma e leve a cozer durante 50 minutos no forno

* NOTA: A farinha de alfarroba encontra-se com facilidade numa loja de produtos dietéticos.

Aparentemente depois de confeccionada esta tarte parece uma tarte de chocolate, e não precisa de untar a forma com gordura pois a massa já contém a gordura suficiente.

Vinhos Recomendados


O centro de origem situa-se provavelmente nas zonas costeiras do Médio Oriente, de onde se estendeu para Ocidente.

Mapa da produção mundial
Mapa da produção mundial

producao-mundial

Na Península Ibéria terá sido introduzida pelos Árabes.

A semente da Alfarroba, devido ao seu baixo peso e uniformidade, foi utilizada por mercadores para avaliar joias.

Ciclo da Alfarrobeira até obter frutos!

As vagens, conhecidas na literatura anglo-saxónica por «St. John Bread», terão sido utilizadas na alimentação por S. João Baptista aquando da sua passagem pelo deserto.

vagens

Em 1841, Silva Lopes afirma que a Alfarroba é utilizada como «alimento de gente pobre, e torrada não deixa de ser saborosa» e informa que, em 1777, a Alfarroba ocupava o 5.° lugar das exportações feitas por via marítima algarvia.

Há referências datadas de 1579 segundo as quais a Alfarroba já era comercializada em feiras algarvias, como a de Tavira.

Alternativa ao Chocolate

Naturalmente doce, a alfarroba dispensa o uso de açúcar na fabricação de seus produtos, razão porque tem se tornado crescente e importante alternativa ao chocolate, pois além de não conter estimulantes como cafeína e teobromina, ela é rica em vitaminas e minerais.

Contém altos níveis de carboidratos (75.92%), (6.34% proteínas) e baixo nível de gordura saturada.


Deixe o seu comentário