Segredos Vinhos Wines

Relação harmoniosa entre vinhos e música clássica

Relação harmoniosa entre vinhos e música clássica

Relação harmoniosa entre vinhos e música clássica

Falarmos sobre a relação harmoniosa entre vinhos e música clássica é algo tão remoto no tempo quanto as artes e a elaboração do próprio vinho!

Artes desde pelo menos a pré-história, fermentação de açúcares em néctares dos deuses é milenar.

Enologia associada a boa viticultura constituem ambas duas formas de arte !

Relação harmoniosa entre vinhos e música clássica 2
Os vinhos em estágio nos tonéis evoluem ao som de música

Arte de condução de videiras em latadas sobr o princípio da fotossíntese.

Maceração ou Fermentação Alcoólica, associada a estágios com ou sem madeira.

Relação harmoniosa entre vinhos e música clássica 4
Videiras “ouvindo” música

Tudo científico e na Modernidade, calculado ao milímetro ou ao segundo !!!

Mas sim, existe uma Relação harmoniosa entre vinhos e música clássica.

Tem óperas, especialmente Verdi e Rossini em que o brinde com vinho ou champanhe é prática.

Relação harmoniosa entre vinhos e música clássica 5
Vinho na Ópera de Veneza

A mais famosa, a Traviata !!!

Música, enologia e viticultura

Mas temos a Carmina Burana de Carl Orff, que associam a um anúncio de after shave, mas cuja temática nada tem a ver com mar ou epopeias.

é sim uma celebração às colheitas, cujo clima generoso permitiu abundância e florescência.

Vejamos um trecho em Latim do “Oh Fortuna” da peça:

“O Fortuna
velut luna
statu variabilis,
semper crescis
aut decrescis;
vita detestabilis

nunc obdurat
et tunc curat
ludo mentis aciem,
egestatem,
potestatem
dissolvit ut glaciem.

Sors immanis
et inanis,
rota tu volubilis,
status malus,
vana salus
semper dissolubilis,

obumbrata
et velata
michi quoque niteris;
nunc per ludum
dorsum nudum
fero tui sceleris.

Sors salutis
et virtutis…”

Constitui a celebração às colheitas e um brinde a Baco.

Dionísio que era Deus do teatro e do vinho, exibe um cálice em quase todas as gravuras ou baixo-relevos.

Relação harmoniosa entre vinhos e música clássica 6
A música reflete-se num copo de vinho

Relação harmoniosa entre vinhos e música clássica ?

Sim, até podemos degustar um excelente vinho e ouvir uma peça de música clássica.

Uma extraordinária forma de relaxamento e êxtase.

Relação harmoniosa entre vinhos e música clássica 7
Pode estar entre amigos também e ouvir uma bela opera

Um par indiscutível, harmónico e capaz de nos transportar para outra dimensão.

Existe atualmente em algumas adegas essa relação harmoniosa entre vinhos e música clássica.

Diz-se que o vinho estagia melhor; será ?

Relação harmoniosa entre vinhos e música clássica 7
Música, vinhas e roseiras saudáveis, sinónimo e indicador de saúde !!!

Um suave adaggio é sublime e pelos vistos, como alguém disse que “o vinho é um ser vivo”, algo se passará.

Tanto a música como o vinho têm formas de serem avaliados, parâmetro a parâmetro.

O Efeito Mozart nas Plantações

Tem quem acredite que ainda com os fetos em gestações colhe benefícios quando a mãe ouve música clássica.

O bebé ainda que dentro do ventre, sente a música, a sua vibração e auto-estimula-se.

Ou seja, efeitos positivos sobre o cérebro.

Relação harmoniosa entre vinhos e música clássica 9
Romance no piano !

No caso da condução da vinha, crê-se que o efeito é muito positivo.
Para seres animais é algo racional, mas serão assim os sons ?

O som é uma luz, tem comprimento de onda e uma frequência inversamente proporcional.

Maior frequência, comprimentos de onda mais curtos, em forma sinusoidal!

Relação harmoniosa entre vinhos e música clássica 10
Vinho, comida, música e vinhas em pano de fundo !!!

Contudo, a relação harmoniosa entre vinhos e música clássica, especialmente em Itália.

Estes estudos conduziram a resultados, segundo citam, com melhores frutos, logo melhores vinhos.

Em diversos casoa, pragas foram afastadas devido a essas vibrações sonoras.

Relação harmoniosa entre vinhos e música clássica 11
Tocando música numa adega cheia de barricas

Até insetos, parasitas e fungos.

E que tal a nossa relação harmoniosa entre vinhos e música clássica ?

Relação harmoniosa entre vinhos e música clássica 12
Dizia Ludwig van Beethoven

Sim, abrir um bom vinho e até em boa companhia e desfrutar.

Porque afinal, o Mundo é um momento.


4 peças de música clássica e vinhos recomendados

La traviata – Libiamo, ne’ lieti calici

Libiamo, libiamo ne’lieti calici
Che la belleza infiora.
E la fuggevol ora s’inebrii
A voluttà.
Libiamo ne’dolci fremiti
Che suscita l’amore,
Poichè quell’ochio al core
Omnipotente va.
Libiamo, amore fra I calici
Più caldi baci avrà.
Ah, libiamo;
Amor fra I calici
Più caldi baci avrà

6 vinhos recomendados – Espumantes

Delicadeza e subtileza


Ave Maria – Franz Schubert

Ave Maria
Gratia plena
Maria Gratia plena

6 vinhos recomendados – Brancos

Porosidade etérea da alma


Chianti Lied – Rudolf Schock

Hoch die Gläser, hoch das Leben, hoch die Liebe
Tralalala
Auf die Sonne, auf die Reben, auf die Liebe
Tralalala
Lasst uns lachen, lasst uns trinken, lasst uns küssen
Tralalala
Wenn uns gold‘be Stunden winken und wir wissen
Tralalala

Ja, ja der Chianti Wein, der lädt uns alle ein
drum lasst uns glücklich sein und uns des Lebens freu‘n
beim gold‘nen Chianti Wein
(Ja, ja der Chianti Wein, da sagt uns keiner nein
drum schenkt die Gläser ein,
die Welt soll unser sein, beim Chianti Wein)”

6 vinhos recomendados – Tintos

O poder da personalidade !

Adagio em Sol Minor – Albinoni

6 vinhos recomendados – Licorosos e Fortificados

Doçura e relaxe

 

 

1 Comentário

Deixe o seu comentário