2018 2018 2018 A nossa escolha Alentejo Gastronomia Notas de Prova Os melhores Rankings Regiões Vinhos Vinhos Brancos Wines

Olho de Mocho Reserva Branco 2017

Olho de Mocho Reserva Branco 2017

Olho de Mocho Reserva Branco 2017

Foi provado o vinho Olho de Mocho Reserva Branco 2017, produzido na Região do Alentejo, sub região da Vidigueira.

Ver: Os vinhos de Denominação de Origem da Sub Região da Vidigueira

Acompanha Caril de peixe com camarão, um dos pratos preferidos de Eusébio da Silva Ferreira, o Pantera Negra.


Eusébio da Silva Ferreira, um homem de gostos simples

Olho de Mocho Reserva Branco 2017 2
Eusébio da Silva Ferreira

São muitos os cognomes que ao longo da sua carreira lhe foram dando: Pantera Negra, a lenda, o rei, mas seu nome de batismo andou desde muito cedo nas bocas do mundo.

Eusébio da Silva Ferreira!

Homem simples, nascido em Lourenço Marques, Moçambique, nunca imaginou que os seus jogos de bola de trapo iriam ser o início de uma carreira brilhante ao serviço do Sport Lisboa e Benfica.

Olho de Mocho Reserva Branco 2017 3
A sua mesa na Marisqueira Sete Mares e que não sera ocupada por mais ninguem Subsiste ali o seu lado etéreo

Ganhou os principais títulos da sua época, recebeu 1 Bola de Ouro e 2 Botas de Ouro.

Foi um ás do relvado. Veio cedo para Portugal e apesar de ter tido o mundo aos pés, sempre foi um homem de gostos simples.

Apreciador da gastronomia portuguesa, as suas preferências especiais iam para pratos de peixe!

Fez do Restaurante “Adega da Tia Matilde” uma segunda casa, poiso que sentiu seu desde o primeiro instante que lá entrou.

A mesa de Eusebio na Tia Matilde
A mesa de Eusebio na Tia Matilde

Gostava da Canja de Galinha com tempero especial que o senhor Emílio (o dono do espaço) lhe preparava.

Era fã de um bom petisco e também de pratos de caril.

Sempre com um horário muito preenchido, mesmo até ao fim dos seus dias, gostava de fazer as refeições fora de horas e por norma deitava-se tarde.

Todos os tempos serviam, para trabalhar, mas sobretudo para estar com os amigos e família.

E era à mesa que gostava de gastar o tempo, entre conversas e garfadas, rodeado por quem o estimava.


Vinificação

Vindima manual em caixas de 12 kg, durante a madrugada dos dias 23 e 24 de Agosto de 2017.

Após um período de 12h de maceração pelicular a frio, o vinho fermentou em barricas de carvalho francês, por um período de 21 dias, a uma temperatura controlada.

No final da fermentação o vinho foi submetido a uma battonage diária durante cinco meses.

Estágio de 4 meses em garrafa.


Dados Sobre o Vinho

Região: Alentejo
Produtor: Herdade do Rocim
Castas: Antão Vaz
Álcool: 12,5º

Clima: Tipicamente mediterrânico, na sub-região vitivinícola da Vidigueira onde as condições climáticas são as mais temperadas do Alentejo, proprocionando um microclima óptimo à produção de vinhos de alta qualidade.
Solo: Grauvaque – solos xistosos com floramentos graníticos. Pouco produtivos, de origem granítica e xistosa. Grande potencial pedológico para a cultura da vinha e para a obtenção de vinhos de excelência.
Denominação: Regional Alentejano

Notas de Prova

  • Aspeto: Amarelo palha límpido.
  • Aroma: Apresenta notas tropicais, manga, papaia, nuances florais, ligeira tosta sem se sobrepor a este complexo bouqut.
  • Na boca: Temos um paladar muito fino, vinho em que a madeira está em equilíbrio com o vinho, suaves notas fumadas, textura sedosa, muito leve, volume bem conseguido num vinho bastante subtil.
  • O final: Termina com médio comprimento, o quanto baste para pratos delicados.

Classificação: 91

ficha Olho de Mocho Reserva Branco 2017

Temperatura de Serviço: 11ºC


Harmonização (Wine Pairing)

Temos um prato pleno de tempero e especialmente com a intensidade e picante do caril.

Requer um vinho branco com intensidade, estrutura, a madeira dá jeito e com boa acidez.

É o caso deste Olho de Mocho Reserva Branco 2017.


Caril de peixe com camarão

Caril de peixe com camarao_burned

Ingredientes

  • 700 g de peixe a gosto sem espinhas
  • 150 g de miolo de camarão
  • 1 maçã reineta
  • 1 cebola
  • 3 dentes de alho
  • 400 g de leite de coco
  • 40 g de coco ralado
  • 0,5 dl de azeite
  • 2 colheres (sopa) de caril em pó
  • Coentros q.b.
  • Sal e piripiri q.b.

Preparação

Arranje o peixe e tempere-o com sal.

Descasque e lave a cebola e os dentes de alho e pique-os finamente.

Descasque a maçã reineta, retire-lhe as sementes e rale-a.

Deite a cebola e os alhos num tacho, junte o azeite e leve ao lume, mexendo de vez em quando, até que fique douradinho.

Adicione o caril, o leite de coco, o coco ralado e a maçã ralada, tempere com sal a piripiri e deixe ferver.

Depois triture com a varinha, junte o peixe e o miolo de camarão e deixe cozinhar bem para apurar o molho.

Retire do lume, rectifique os temperos, adicione coentros picados e sirva decorado a gosto e acompanhado com arroz branco.


Ficheiro para Download

Caril de peixe com camarao PDF


E agora aprecie e pense que este Olho de Mocho Reserva Branco 2017, era o olho que Eusébio tinha para as balizas adversárias.

Representa ainda principios e amizade, que mesmo os jogadores de clubes rivais lhe tinham consideração e respeitavam.

Mesmo de clubes rivais, Eusébio e Cubillas certamente que brindavam juntos com um vinho destes !
Mesmo de clubes rivais, Eusébio e Cubillas certamente que brindavam juntos com um vinho destes !

Um brinde à amizade!

 

 

 

Deixe o seu comentário