Gastronomia Sabores de Portugal Vinhos Wines

Queijo São Jorge DOP

Fonte da foto: Confraria do Queijo São Jorge

Queijo São Jorge DOP

Relata-se que o início da produção do queijo São Jorge DOP é aproximado à descoberta daquela ilha (meados do século XV).

O seu fabrico foi incentivado pela comunidade flamenga, experientes produtores de bens alimentares como carne, leite e lacticínios.

Estes encontraram na ilha um clima semelhante ao das suas origens, ideal à produção do distinto queijo.

Queijo São Jorge DOP

Este facto aliado ao bairrismo do povo da Ilha de São Jorge faz com que o queijo conserve as suas características distintas ao longo dos anos.


Harmonização com vinhos

O Queijo São Jorge DOP é um produto forte, de sabor intenso, especiado, untoso e necessita vinhos estruturados, com madeira de preferência e taninosos.

12 Vinhos Recomendados


Processo de produção

O Queijo São Jorge DOP é fabricado exclusivamente com leite de vaca inteiro e cru, produzido na ilha de São Jorge.

O leite é coagulado por coalho animal, após a adição, como auxiliar de acidificação, de lacto-soro obtido do fabrico anterior.

O coalho assim conseguido deixa-se repousar até que, tendo a massa atingido a consistência desejada, se extrai o soro, focando a massa em seco.

Queijo São Jorge DOP em coagulação
Queijo São Jorge DOP em coagulação

Adiciona-se sal marinho refinado de boa qualidade, à razão de 2,8 % em peso.

No encichamento coloca-se numa das bases um selo de caseína, com numeração consecutiva e um código atribuído a cada produtor.

Processo este que permite determinar a idade, o fabricante e os demais elementos necessários ao controlo de qualidade final do queijo.

Queijo São Jorge DOP em secagem
Queijo São Jorge DOP em secagem e cura

Após a prensagem, o Queijo São Jorge DOP permanece em câmaras de cura à temperatura ambiente durante cerca de um mês

Passa depois para câmaras de cura climatizadas, onde sofre o acabamento aí permanecendo até aos noventa dias.

O Queijo São Jorge DOP seleccionado pela sua qualidade e respeito pelas normas legalmente fixadas é submetido a certificação.

Queijo São Jorge DOP bem partido num prato
Queijo São Jorge DOP bem partido num prato

Tudo com verificação das características organolépticas por câmara de provadores, e armazenados a temperaturas baixas de conservação até à sua saída para o mercado.

Área de produção

A área geográfica de produção do Queijo São Jorge DOP é restrita à ilha de São Jorge, no arquipélago dos Açores.

Mapa de produção do Queijo São Jorge DOP
Mapa de produção do Queijo

O terroir do Queijo

As características distintas do queijo São Jorge DOP devem-se às condições edafo-climáticas da Ilha.

Os solos vulcânicos balsãlticos são extremamente férteis, com a pluviosidade ao longo do ano a manter a ilha verde viva.

????????????????????????????????????

Que originam pastagens de culturas variadas, que, por sua vez, influenciam positivamente a qualidade do leite.

Mantêm método de produção, praticamente inalterado ao longo dos cerca de 500 anos da sua existência.

Promove-se assim mais uma vez a singularidade deste queijo.


Ver ainda

O popular e apreciado polvo

Castanha DOP Marvão e Portalegre

Deliciosas e típicas papas de carolo

2 Comentários

  1. Neste caso, pode dizer-se, sem qualquer margem de erro, que as pastagens altas e sempre verdes ( durante 12 meses) da ilha de S.Jorge são de facto o único ” terroir” para se produzir queijo com esta marca e que casa muito bem com um branco seco ou um bom tinto. Os jorgenses certamente que ficam agradecidos ao Clube Vinhos o artigo em referencia

Deixe o seu comentário