2018 2018 Estremadura Notas de Prova Os melhores Rankings Regiões Vinhos Vinhos de Lisboa Vinhos Tintos Wines

Quinta do Sanguinhal Tinto 2014

apreciacao Quinta do Sanguinhal Tinto 2014

Quinta do Sanguinhal Tinto 2014

Foi provado o vinho Quinta do Sanguinhal Tinto 2014, produzido na Região de Vinhos de Lisboa.

Para acompanhar foi escolhido um prato adorado por Nostradamus.


A Alquimia do açúcar Nostradamus

Físico, astrólogo, farmacêutico, estudioso, apaixonado pelos mistérios da alquimia, Michel de Nostradamus nasceu na Provence no início do século XVI, porém, ainda hoje se fala nele.

Cedo desenvolveu diversas aptidões, já que a sua curiosidade e engenho eram imensas.

Na ciência farmacêutica, entre poções medicinais e experiências, desenvolveu curiosidade pela culinária em particular pela confecção de geleias e conservas.

Nostradamus_burned

A conservação das frutas e as cores que conseguia criar com as mesmas fascinavam-no.

Se ainda estivesse presente, Nostradamus iria adorar este Quinta do Sanguinhal Tinto 2014.


Vinificação

Colheita manual.

Fermentação em cubas de inox à temperatura de 26-27ºC com maceração prolongada das massas após desengace total.

Engarrafado após 18 meses de estágio em barricas novas (30%) e usadas (70%) de carvalho francês.

Estagia depois em garrafa até ser colocado no mercado.


Dados Sobre o Vinho

REGIÃO: Vinhos de Lisboa
PRODUTOR: CA Sanguinhal
CASTAS: Castelão, Touriga Nacional, Aragonez
ÁLCOOL: 13,5º

Clima: Clima argiloso com floramentos calcários
Solo: Atlântico com manhãs frescas
Denominação: DOC Óbidos

Notas de Prova

  • ASPETO: cor rubi ligeira e brilhante.
  • AROMA: Apresenta notas de frutos vermelhos maduros, couro, ligeira tosta e alguns balsâmicos pelo meio.
  • BOCA: Vinho fresco, taninos típicos, suave aspereza na textura, concentrado, redondo e intenso.
  • FINAL: Termina com média-longa persistência.

Classificação: 85

ficha Quinta do Sanguinhal Tinto 2014

Temperatura de Serviço: 16ºC


Harmonização (Wine Pairing)

Os lombinhos de porco são as designadas partes nobres, com sabor intenso, com uma erva aromática complexa como o alecrim além das especiarias.

Combinam na perfeição com um vinho taninoso, complexo e com ligeira resina no seu perfil aromático.


Lombinhos de porco em massa de pão

Lombinhos de porco em massa de pao_burned

Ingredientes:

  • 2 lombinhos de porco
  • 1 kg de batatas
  • 300 g de castanhas congeladas
  • 2 dentes de alho
  • 2 dl de vinho branco
  • 1,5 dl de azeite
  • 1 colher (sopa) de manteiga
  • 1 colher (sopa) de massa de pimentão
  • 2 folhas de louro
  • Alecrim q.b.
  • Sal e pimenta q.b.

PARA A MASSA:

  • 250 g de farinha
  • 1 gema
  • Água morna q.b.
  • Sal q.b.

PARA O PURÉ DE MAÇÃ:

  • 4 maçãs reinetas
  • 70 g de manteiga
  • Sumo de 1 laranja
  • Açúcar q.b.

Preparação

Tempere os lombinhos com a massa de pimentão, sal e pimenta.

Leve uma frigideira ao lume com metade do azeite, adicione a carne, deixe corar de ambos os lados e coloque num tabuleiro de louça ou pirex.

Salteie as castanhas numa frigideira à parte com o restante azeite e a manteiga, tempere com sal e junte ao tabuleiro.

Descasque as batatas, corte-as ao meio ou em gomos e adicione também ao tabuleiro. Regue a carne com o vinho branco, polvilhe com os dentes de alho picados, junte as folhas de louro e alecrim

Faça a massa: misture a farinha com uma pitada de sal e a gema e amasse, acrescentando água morna aos poucos até ficar uma massa moldável.

Estenda com o rolo e coloque sobre o tabuleiro, como vê na foto. Leve ao forno pré-aquecido a 160ºC durante cerca de 1 hora.

Entretanto, faça o puré de maçã: leve uma frigideira ao lume com a manteiga, junte as maçãs reinetas descascadas, sem sementes e cortadas em gomos e deixar cozinhar até ficarem macias.

Polvilhe com um pouco de açúcar, junte o sumo de laranja, mexa, deixe cozinhar mais um pouco e depois reduza a puré. Sirva a acompanhar a carne.

 

Deixe o seu comentário