Menus Completos Outros Sabores Turismo Vinhos Wines

Sabores de Portugal – Cereja da Cova da Beira IGP

cereja-cova-da-beira-5

A produção da Cereja Cova da Beira – IGP desenvolve-se entre as Serras da Gardunha, da Estrela e da Malcata, na Cova da Beira, região com excelentes condições climáticas para a fruticultura, e solos de condições ideais para o desenvolvimento da cerejeira.

Receita

Peito de pato com molho de cereja

peito-de-pato-com-molho-de-cereja
Fonte: Pingo Doce

INGREDIENTES

  • 4 peitos de pato
  • 2 c. café de flor de sal + 1 c. chá
  • qb pimenta moída
  • 150 g cerejas IGP Cova da Beira descaroçadas
  • ½ malagueta vermelha
  • 1 dente alho
  • 3 c. sopa ginginha
  • 0,5 dl vinho tinto
  • ½ c. café cominhos moídos
  • 250 g tagliatelle fresco

PREPARAÇÃO

1. Faça golpes em losango na pele dos peitos de pato.

2. Aqueça bem uma frigideira antiaderente, coloque os peitos de pato com a pele virada para baixo e cozinhe 3 a 4 minutos em lume médio a forte até a pele estar alourada e estaladiça.

3. Vire, tempere com uma colher de café de sal e um pouco de pimenta e cozinhe em lume moderado durante mais 3 a 4 minutos. Retire do lume.

4. Retire a gordura da frigideira, junte as cerejas, a malagueta limpa de sementes e picada, o alho esmagado, a ginginha, o vinho tinto, os cominhos e uma colher de café de sal e deixe ferver em lume brando durante 10 minutos, mexendo de vez em quando.

5. Coza o tagliatelle em água temperada com o restante sal até estar al dente.

6. Escorra e incorpore com os espinafres e o tomate cherry cortado ao meio.

7. Tempere com o azeite e um pouco de pimenta e polvilhe com os orégãos.

8. Corte os peitos em fatias, regue com o molho de cereja e sirva com o tagliatelle.

Vinhos Reconendados


A situação geográfica das plantações, proporcionam condições climáticas únicas (elevado número de horas de frio, Primavera amena e grande protecção dos ventos atlânticos), bem como a origem granítica ou xisto-argilosa dos solos de encosta, profundos e bem drenados, são as condições ideais ao desenvolvimento da cultura.

As plantações situam-se entre os 450 e os 800 metros, ocupam uma área de cerca de 1.600 hectares e a sua produção anual ronda as 6.500 toneladas.

A Cereja Cova da Beira é uma das espécies fruteiras de maior peso na economia agrícola regional da Cova da Beira.

com-selos

De entre as muitas variedades de cerejeiras, existem algumas autóctones, como a “De Saco” ou “Saco da Cova da Beira”, mais representativa na região, e a “Morengão” bem adaptada à altitude.
A colheita decorre entre o início do mês de maio e finais de julho.

qtanova

Delimitação da área geográfica

Mapa de certificação
Mapa de certificação

As freguesias mais representativas desta cultura são: Alcongosta, Alcaide, Souto da Casa, Aldeia de Joanes, Alpedrinha e Castelo Novo (Concelho do Fundão), Ferro, Peraboa, Tortosendo e Dominguiso (concelho da Covilhã).

Mapa da Área Geográfica
Mapa da Área Geográfica

A Cereja Cova da Beira – IGP é de consistência firme e carnuda e sabor muito doce, cuja coloração vai do vermelho vivo ao vermelho púrpura, podendo no caso de algumas variedades ser do vermelho ao alaranjado.

Ligação à paisagem natural

Assim, na Beira Interior, a Gardunha é o “Solar” da cerejeira de Alcongosta ao Souto da Casa, o espectáculo das cerejeiras em flor é deslumbrante.

cereja-cova-da-beira-4

Benefícios para a saúde

  • Possuem propriedades anti-inflamatórias;
  • Ajudam a reduzir a gordura corporal e o colesterol, constituindo um aliado contra as doenças cardíacas;
  • São fonte de energia e rica em betacaroteno;
  • Ajudam a regular o ciclo do sono, pois possuem melatonina.

rui-simeao

Deixe o seu comentário