Gastronomia Sabores de Portugal Vinhos Wines

Sabores de Portugal – Raia de Pitau ou Pitéu

rcmp

Entre Aveiro e a Figueira da Foz, confecciona-se a Raia com Molho de Pitau, prato que já nos finais do século XIX fazia as delícias dos banhistas.

o pitau
o pitau

Raia com Molho de Pitau

Prato típico

raia-de-piteu-ou-pitau

INGREDIENTES

  • 1,2 kg de raia
  • 800 g de batatas
  • 1 dl de azeite Valle Madruga
  • 2 dentes de alho
  • 1 folha de louro
  • 1 colher de chá de colorau
  • 1 colher de chá de vinagre
  • sal marinho Rui Simeão
  • pimenta

PREPARAÇÃO

Amanha-se a raia e lava-se muito bem.
Reserva-se o fígado.

Em seguida corta-se a raia em pencas (este é o nome que se dá na Figueira da Foz às tiras da raia cortada de alto a baixo).

Temperam-se com sal e, passada 1 hora, cozem-se em água temperada com sal.

À parte cozem-se as batatas com a pele e pelam-se.

Entretanto, prepara-se o molho: leva-se ao lume o azeite, os dentes de alho, o louro, o colorau, o vinagre, um pouco de pimenta e um bocadinho de fígado da raia (cerca de 40 g), 3 colheres da água da cozedura da raia e vai-se esmagando tudo até engrossar.

Coloca-se a raia numa travessa, contorna-se com as batatas, regando tudo com o molho.

Raia com Molho de Pitau – Versão de Impressão

Vinhos Recomendados


A raia de pitau é um prato de pescadores da costa portuguesa, originalmente apenas da parcela entre Espinho e a Figueira da Foz, mas que agora se encontra noutros lugares, incluindo restaurantes.

raia-partida
Faz falta uma raia, ou algumas asas de raia, e o respectivo fígado, ingrediente essencial na preparação do molho que dá carácter ao cozinhado.

figados da raia
figados da raia

Qualquer dicionário de língua portuguesa nos define a raia como um peixe de esqueleto cartilaginoso e corpo achatado, cauda larga e delgada, que vive no mar e de que se conhecem várias espécies.

raia-2
Na zona da Figueira da Foz é muito mais do que isso. É, sobretudo, a raia de pitau, tantas vezes associada à gastronomia; é a raia das tranqueiras outrora a cenografar as muralhas de Buarcos.


Deixe o seu comentário