Características Segredos Vinhos Wines

Produção de vinhos blanc de noir

23_blanc_de_noir_03_burned

Produção de vinhos blanc de noir

Para se ter uma produção de vinhos blanc de noir, basta remover as cascas ou películas das uvas após a sua prensagem.

Na realidade, salvo meia-dúzia de exceções, quando as uvas são esmagadas, o sumo obtido é incolor.

Antocianinas, os pigmentos das uvas tintas

Se esse mesmo sumo for deixado na maceração em contacto com as cascas cheias de pigmentos.

Então o vinho ganhará tonalidade mais carregada.

Antão Vaz depois de prensada
Resultado da prensagem duma uva tinta com película fora.

Estes pigmentos pertencem à família de compostos designada de antocianinas.

São os responsáveis pela coloração de imensos frutos e vegetais.

O contrário, teremos precisamente a produção de vinhos blanc de noir.

Pinot Noir
Pinot Noir

Como se obtém

São o resultado da prensagem do fruto com a imediata remoção de películas.

Estes pigmentos não entram e o vinho atinge a tonalidade mais amarelada, própria de vinhos brancos.

O termo Blanc de Noir, designa os vinhos brancos elaborados a partir de castas tintas.

O exemplo mais evidente e utilizado na produção de vinhos blanc de noir é a casta Pinot Noir !

Copo com Blanc de Noire elaborado com Pinot Noir
Copo com Blanc de Noire elaborado com Pinot Noir

Entre Pinot Noir e Baga

Evidente que se podem elaborar Blanc de Noir com mais castas tintas.

Existem é castas mais procuradas e consequentemente utilizadas.

Em Portugal e na região do Champanhe francesas, a Baga e a Pinot Noir fazem maravilhas !!!

Copo com Baga , em vinho tinto
Copo com Baga , em vinho tinto

Uma das principais razões para a maior utilização de Baga ou Pinot na elaboração de Blanc de Noir é o facto de serem mais pobres em antocianinas.

O que é afinal um Blanc de Noir ?

Um Blanc de Noir pode ainda dizer-se que é um vinho branco com maior teor de taninos que os brancos comuns !!!

Distribuindo Champanhe de Blanc de Noir com Pinot Noir
Distribuindo Champanhe de Blanc de Noir com Pinot Noir

Mesmo com uvas brancas, podemos remover as películas antes de iniciar a fermentação.

Os compostos fenólicos e antocianinas

Tal contacto mais prolongado, permitiria branquear mais a presença de taninos.

Tornam-se assim os vinhos mais adstringentes, amargos e muito secos no final.

Evidente que nos vinhos tintos este contacto com películas durante a fermentação é essencial para a infusão do líquido com as antocianinas coloridas.

Blanc de Blanc vs. Noir Thumbnail_burned

Significa que os taninos ficam mais escondidos.

Os taninos são complexos fenólicos polimerizados, que têm a capacidade de aumentar a viscosidade da saliva em contacto com as proteínas contidas.

Daqui pode então surgir a adstringência.

Algumas antocianinas - pigmentos de uvas tintas
Algumas antocianinas – pigmentos de uvas tintas

A principal questão na produção de vinhos tintos reside no contacto com as cascas dentro das cubas de fermentação e posterior transfega por exemplo para barricas.

Atualmente aumentou-se a produção de vinhos blanc de noir.

A região da Bairrada entendeu bem esse acréscimo de procura com o projeto Baga@Bairrada, e por sinal com bons resultados.

Produção de vinhos blanc de noir
Blanc de Noir de Baga deitado no flute

São espumantes com outra alma e para mais elaborados com uma casta endógena e com muita personalidade.

Procure por estes vinhos e espumantes.

Gastronomicamente são do mais versátil que poderá encontrar, entre harmonizar com pratos de carne e peix.

Produção de vinhos blanc de noir
Brindemos em flutes !

Sirva-se de Blanc de Noir !

Deixe o seu comentário