Castas Castas Brancas Segredos Vinhos Wines

A Fabulosa Casta Branca Terrantez

A Fabulosa Casta Branca Terrantez

A Fabulosa Casta Branca Terrantez

A Fabulosa Casta Branca Terrantez é originária do Dão.

Pode ainda designar-se Terrantez da Madeira, Terrantez da Terceira, Terrantez do Pico, Folgasão ou Donzelinho Branco.

A fabulosa casta branca Terrantez é conhecida no Dão como Folgasão !

Terrantez Macanita
Latadas de Terrantez do Pico; cortesia da foto – António Maçanita

É também cultivada nos Açores, nomeadamente na zona do Pico e Biscoitos e na Madeira, onde é considerada uma casta nobre para a produção de vinho generoso.

Introdução nas Ilhas

Nas Ilhas a fabulosa casta branca Terrantez atinge a sua maior expressão.

Na Madeira origina o generoso Vinho da Madeira, normalmente engarrafado como monovarietal.

Nos Açores produz vinhos brancos de mesa e licorosos, sendo que nesta região a fabulosa casta branca Terrantez faz lotes com Arinto.

Terrantez da Madeira
Terrantez da Madeira

Esta videira foi largamente cultivada por volta de 1820 em algumas ilhas com predominância para a ilha Terceira.

Nesta ilha destaca-se a localidade dos Biscoitos onde ainda é produzido, a ilha do Pico e ilha de São Jorge.

Nesta última o seu cultivo era feito praticamente por toda a parte baixa e sul da ilha desde a Vila do Topo aos Rosais.

Terrantez do Pico
Terrantez do Pico

Especialmente na localidade da Urzelina e nas fajãs cujos climas amenos facilitam esta cultura.

Pois é, nunca pensou que em S. Jorge também se produzia vinho.

A Fajã de São João é uma daquelas onde esta vinha foi cultivada durante largos anos e deu origem a bons vinhos e a abastados vitivinicultores.

A Fajã de São João na Ilha de São Jorge
A Fajã de São João na Ilha de São Jorge

Temos o exemplo histórico do Morgado João Inácio de Bettencourt Noronha.

A casta origina mostos dotados de um teor alcoólico médio e de uma elevada acidez.

Os vinhos produzidos por esta casta são de uma cor citrina, bastante frutados, muito frescos, vivos e com abundante riqueza ácida.

1495064128196

Esta casta que se apresenta, geralmente, como uma das que têm mais baixas graduações alcoólicas, graduação onde só é ultrapassada pela casta do Cerceal Branco.

Proporciona um vinho com um leve desequilíbrio ácido; contudo em zonas mais húmidas é necessário termos tempo de garrafa e até uma suave combinação com madeira.

Fenologia

  • Abrolhamento: Precoce, simultâneo à ‘Fernão Pires’.
  • Floração: Precoce, 1 dia antes da ‘Fernão Pires’.
  • Pintor: Época média, 9 dias após a ‘Fernão Pires’.
  • Maturação: Época média, uma semana após ‘Fernão Pires’.

Dr. Eiras Dias INIAP-EVN

Descrição geral

A fabulosa casta branca Terrantez apresenta forte tendência para um desenvolvimento forte de ramos laterais (ladrões).

Sendo a vara dura e resistente, permitindo uma sebe difícil de encaminhar.

Esta videira é pouco influenciada pela falta ou abundância de água, oferecendo assim grande capacidade de resistência ao clima.

biscoitos
Videiras de Terrantez nos Biscoitos, Ilha Terceira

É igualmente pouco susceptível ao míldio e ao oídio e igualmente á Filoxera.

Os cachos da Terrantez são pequenos, compactos e constituídos por bagos pequenos de cor verde-amarelada.

Do ponto de vista enológico apenas foi encontrado, como monocasta, em microvinificações experimentais.

agro-turismo-vinicola-madeira-05-terrantez
Videiras de Terrantez na Madeira

O vinho tem um sabor mineral com uma acidez dominante, a qual contribui para a elevada qualidade dos vinhos generosos em que participa.

(Prof. Virgílio Loureiro)


Vinhos Recomendados com a casta


Experimente vinhos obtidos com a fabulosa casta branca Terrantez.

Se possível compare as regiões e anos de colheita.

no pico
Currais na Ilha do Pico

À sua saúde e bons vinhos.


Veja ainda

Castas Brancas

Deixe o seu comentário