Turismo Vinhos Wines

REGIÃO DE VINHOS DE LISBOA – Especial Vindimas 2016, 1ª parte

logo-vindimas-cvr-lisboa-2016

logo-vindimas-cvr-lisboa-2016


PATROCÍNIOS

COMISSÃO VITIVINÍCOLA DA REGIÃO DE LISBOA
COMISSÃO VITIVINÍCOLA DA REGIÃO DE LISBOA

TURISMO RURAL
TURISMO RURAL

SABORES DO PAÇO
SABORES DO PAÇO

VINHOS SOLAR DA MARQUESA
VINHOS SOLAR DA MARQUESA
 BQAV1

Garrafeira e Loja Online
Garrafeira e Loja Online

Começo por pegar no refrão do tema dos Coldplay, The Scientist que diz:

"Nobody said it was easy It's such a shame for us to part Nobody said it was easy No one ever said it would be this hard Oh, take me back to the start"
“Nobody said it was easy
It’s such a shame for us to part
Nobody said it was easy
No one ever said it would be this hard
Oh, take me back to the start”

E não é nada fácil a arte de durante 11 meses cuidar de hectares de vinha para que durante o mês seguinte se possam colher os frutos que permitirão produzir os melhores vinhos possíveis.

logo-vindimas-carcavelos-2016
Sem ter sido bonançoso, o clima na região afigurou-se primeiro com um Inverno atípico, com médias de temperaturas 2ºC acima do habitual, o que levou em alguns casos a folhagens mais cedo, contrastando com florações mais tardias.

qcortezia-panoramica-3
Condições perfeitas para o aparecimento de inúmeros míldios, e míldios em cima de míldios já tratados. Quem se cuidou a tempo, especialmente os maiores produtores, poucas perdas tiveram a registar.

qg-panoramica
Apesar de tudo os números são otimistas. De acordo com o Sr. Presidente da Comissão Vitivinícola de Lisboa, Dr. Vasco d’Avillez, homem de muitas andanças e muitas primaveras a ver vinhas desenvolver-se, afirma:

Dr. Vasco d’Avillez, presidente da CVR Lisboa
“Apesar das condições climatéricas registadas ao longo do presente ano, as previsões de produção são bastante satisfatórias, pelo que se estima a apanha de cem mil toneladas de uva em toda a região de Lisboa. A qualidade das uvas brancas até agora está excelente e com o tempo que tem estado esperamos ainda melhor qualidade. Há alguma quebra na quantidade de uva apanhada mas até agora não ultrapassa os 10% mencionados já em Agosto”.

qcb-panoramica
A minha observação foi a de menos cachos, mas mais pesados e com frutos mais miúdos, rondando a produção média nas 10-15 toneladas / hectare.

QG Sauvignon Blanc 2
Oficialmente as primeiras vindimas iniciaram-se em Oeiras no dia 1 de Setembro, com a casta Boal Ratinho para o Vinho de Carcavelos, sob comando enológico do Engº Tiago Correia. Para o efeito e devidamente informado, o Clube de Vinhos Portugueses esteve lá!

panoramica-2
Recorde-se que os Vinhos de Lisboa são, atualmente, os mais premiados do país e que apresentam um volume de exportação de cerca de 35 milhões de garrafas certificadas. A Região Lisboa produz ainda uma quantidade apreciável de vinho que entra no mercado sem qualquer certificação.

DSC05216
Abaixo deixo uma galeria de imagens que fui recolhendo ao longo das vindimas sem qualquer critério cronológico. Todos os passos estão documentados em artigos individuais aqui no Clube de Vinhos Portugueses e poderão ser procurados.

DOC ALENQUER

Quinta da Cortezia

Quinta do Monte d’Oiro

DOC ARRUDA DOS VINHOS

Adega de Arruda dos Vinhos

Viticultor fornecedor de uvas em vindima (Tinta Roriz)

Receção na Adega

FORA DE DOC

Quinta do Cerrado da Porta (Chardonnay e Pinot Noir para base espumante)

DOC CARCAVELOS

Adega Casal da Manteiga (Boal Ratinho)

DOC TORRES VEDRAS

Quinta de Casaboa (Merlot)

DOC Bucelas

Quinta do Avelar (Preparação)

Quinta da Murta (Arinto)

DOC Óbidos

Quinta do Gradil (Fernão Pires). Vilar

Solar da Marquesa (Fernão Pires) – mais 15 dias para a maturação completa depois da Quinta do Gradil. 5 km de distância. Adão Lobo

Terra da Eira (Fernão Pires). Peral

Deixe o seu comentário