Produtores Turismo Vinhos Vinhos de Lisboa Wines

QUINTA DE PANCAS – ALENQUER

LOGO QPANCAS

LOGO QPANCAS


Com o apoio
Com o apoio

Quando à sua criação existem duas descrições:

1 – A Quinta de Pancas foi fundada em 1498 por D. Pedro Fernandes, Bispo de Bona, ao instituir o Morgado de Pancas seu irmão Domingos Fernandes.

2 – A Quinta de Pancas foi fundada em 1495 pela família Guimarães e ficou na sua posse até 2006, ano em que a Companhia das Quintas adquiriu a parte agrícola da Quinta e em 2008 o casal Phillimore adquiriu o Solar da Quinta de Pancas.

A propriedade é fortemente marcada pela arquitectura do seu Solar, nomeadamente o arco de entrada e os painéis de azulejo do século XVI.

Está situada no “Alto Concelho de Alenquer”, 45Km a Noroeste de Lisboa, junto à aldeia do mesmo nome e é atravessado a Norte pela Ribeira de Pancas, perto de confluência desta com o Rio Alenquer.

MAPA AEREO
É uma das mais antigas deste concelho de tão ricas e antigas tradições no qual, um recenseamento recente, registou a existência de 160 quintas com brasão ou com capela, número sem dúvida impressionante e com significado particular.

É que, a existência destas quintas andou sempre a par e passo com a produção de vinho, não sendo pois de estranhar que Alenquer continua a ser o 2º maior concelho produtor do país.

Solar
Aspecto digno de realce nesta região privilegiada para produção de uva, é o da variedade de solos, de relevo e de clima, estendendo-se da Lezíria à Montanha e dando origem a diferentes tipos de vinho, com óptima maturação, bastante equilibrados e de elevada qualidade.
Desde finais do Séc. XV pertenceu esta Quinta à família dos actuais proprietários aí residindo nessa época, Domingos Fernandes, irmão do instituidor do Morgado de Pancas, D. Pedro Fernandes, Bispo de Bona.

QP AEREA
A casa foi sujeita a sucessivas adaptações de acordo com a época, o gosto e as necessidades de cada geração.
Apresenta ainda dos tempos mais recuados uma “alpendrada romântica” dando sobre o pátio de entrada e, do séc. XVI, azulejos mozárabes verde e branco e tectos do mesmo estilo, em caixão de madeira.

QUINTA DE PANCAS15
“A família ” e a “Quinta” estiveram sempre integradas nessa cultura e tradição que em Alenquer é anterior a ocupação Romana e que , até aos nossos dias, constitui de forma permanente, a principal ocupação e riqueza dos seus habitantes.

A Quinta de Pancas tem uma enorme tradição e história na produção de vinhos de qualidade. O microclima das encostas viradas a leste é ideal para a maturação de castas nobres, que inclui as variedades Touriga Nacional e Cabernet Sauvignon. Dias soalheiros e noites frescas dão como resultado vinhos de grande generosidade possuidores de sabores aromáticos e de equilibrada estrutura.

Dados do Terroir

Clima: Temperado húmido com estação seca no verão. A classificação vitícola do clima da região é de Temperado, de noites frias e seca moderada, forte influência atlântica com clima mediterrânico.

Solos: Calcários Vermelhos. Solos calcários, Pardos de climas de regime xérico, Normais, de calcários não compactados. Com origem em sedimentação calcárias do oceano.

Mapa nacional de solos - clique para ampliar
Mapa nacional de solos – clique para ampliar
TABELA SOLOS
TABELA SOLOS

FONTE DAS TABELAS: Quinta de Pancas

Distribuição de castas

Área: 72 hectares
Área em produção: 46,5 hectares
Castas Tintas
•Cabernet Sauvignon – 14ha
•Touriga Nacional – 5,3 ha
•Syrah – 4,68 ha
•Merlot- 4,27 ha
•Castelão- 3,8 ha
•Alicante Bouschet-2,85 ha
•Tinta Roriz- 2,71 ha
•Touriga Franca -1,28 ha
•Petit Verdot – 1ha
•Malbec -0,74 ha
Castas brancas
•Arinto- 2,94 ha
•Chardonnay – 2,2 ha
•Vital- 1 ha

MAPA DAS VINHAS
MAPA DAS VINHAS
TALHÕES
TALHÕES

vinha 1

Fonte dos Dados: Quinta de Pancas

IMAGENS DE GARRAFAS HISTÓRICAS

IMAGENS DE GARRAFAS ATUAIS

 

1 Comentário

Deixe o seu comentário