Notas de Prova Os melhores Os Melhores Vinhos Tintos Rankings Vinhos Vinhos da Moldávia Wines

Vinhos da Moldávia – Individo Rara Neagra Malbec Syrah Tinto 2014 , Chateau Vartely

Individo Rara Neagra Malbec Syrah Tinto 2014

Foi provado o vinho Individo Rara Neagra Malbec Syrah Tinto 2014, produzido na Moldávia pelo Chateau Vartely, IGP Valul lui Traian


Dados Sobre o Vinho

País: Moldávia
Produtor: Chateau Vartely (conheça aqui)
Castas: Rara Neagra, Malbec, Syrah
Grau: 14,5º

Clima: Mediterrânico
Solo: Argilas pardas e maragras
Denominação: IGP Valul lui Traian

Notas de Prova

  • Aspeto: Côr violácea opaca e profunda.
  • Aroma: Aroma marcado por fruto preto maduro, cacau, charuto, algum grafite, excelente abaunilhado fruto de excelente barrica utilizada e de muito alcance após abertura da garrafa.
  • Na boca: Vinho especiado, intenso, com fruto de excelente qualidade, suave aspreza típica de um vinho ainda em evolução, mas que prolonga o seu sabor, taninos lisos, textura sedosa num vinho muito frutado e com alguma pimenta. Ideal para pratos puxados ao tempero.
  • O final: Final de bom comprimento.

Classificação: 87

ficha-apreciacao-individo-rara-neagra-malbec-syrah-tinto-2014

Temperatura de Serviço: 17ºC


Harmonização (Wine Pairing)

Um vinho taninoso, balsâmicoe especiado, requer um prato complexo de temperos, especialmente picante.

Cordeiro marroquino picante e couscous

Chefe Jamie Oliver

cordeiro-marroquino-picante-e-couscous

Ingredientes (para 6 a 8 pessoas):

  • 1 colher de sopa de sementes de cominhos;
  • 2 colheres de sopa de sementes de coentros;
  • 2 pequenos piripíris secos;
  • 2 pedaços de gengibre fresco;
  • sal marinho Rui Simeão e pimenta;
  • azeite Valle Madruga;
  • 500 g de filetes do pescoço do cordeiro sem gordura, cortado em pedaços de 2,5 cm;
  • 4 batatas doces, descascadas e cortadas em cubos de 2,5 cm;
  • 12 cebolinhas descascadas;
  • 4 dentes de alho, descascados e fatiados;
  • 2 latas de 400 g de tomate em pedaços;
  • 1 pau de canela;
  • 2 folhas de louro fresco;
  • 1 punhado de damascos secos, cortados grosseiramente;
  • 1 ramo de coentros frescos;
  • 1 punhado de amêndoas laminadas e tostadas;
  • 4 colheres de sopa de iogurte natural

Preparação:

PRÉ-AQUEÇA o forno a 190°C/gás 5.

Esmague num almofariz as sementes de cominhos e de coentros com os piripíris, o gengibre, uma boa pitada de sal e pimenta acabada de moer.

Misture com duas colheres de azeite e barre a carne com metade desta marinada, massajando-a. Reserve.

Entretanto, misture a restante marinada numa tigela com as batatas doces, as cebolas e o alho.

Leve ao lume uma caçarola grande com um pouco de azeite e os pedaços da carne marinada dourando-a por igual.

Retire a carne para uma tigela vazia e ponha na caçarola o preparado das batatas doces, fritando-o até que as cebolas amaciem um pouco.

Acrescente o tomate, agite bem a caçarola e coloque a carne por cima.

Junte-lhe dois copos com água, o pau de canela, as folhas de louro e os damascos secos e leve ao forno pré-aquecido durante 1 hora e 15 minutos – não cubra para que o preparado fique bem dourado.

Pouco antes de servir, espalhe por cima os coentros picados e o punhado de amêndoas tostadas.

Divida o cordeiro por 6 a 8 pratos com os couscous com ervas e sirva com uma boa colherada de iogurte natural por cima.


 

Deixe o seu comentário