Eventos Turismo Vinhos Wines

Adega Mayor apresenta novo espaço em Lisboa e Rebranding

logo-a-amayor-2
“SÃO AS PAIXÕES QUE NOS MOVEM. QUANDO CRIAMOS QUALQUER COISA, MOTIVA-NOS SEMPRE ALGO QUE ENVOLVE UM LARGO CONJUNTO DE EMOÇÕES, DESEJOS, PESSOAS E LOCAIS. FOI SEMPRE ASSIM. E NÃO É DIFERENTE NO MUNDO DOS VINHOS. Com a grande vantagem de que, aqui, estamos a criar algo que tem também a ver com um local de eleição, onde estamos a tornar real o nosso projeto.  Campo Maior, que sempre nos acompanhou, marcará agora pelas suas condições de clima, pelo solo e pelas castas alentejanas que formam o caráter e o perfil dos nossos vinhos”.
SÃO AS PAIXÕES QUE NOS MOVEM. QUANDO CRIAMOS QUALQUER COISA, MOTIVA-NOS SEMPRE ALGO QUE ENVOLVE UM LARGO CONJUNTO DE EMOÇÕES, DESEJOS, PESSOAS E LOCAIS. FOI SEMPRE ASSIM. E NÃO É DIFERENTE NO MUNDO DOS VINHOS.
Com a grande vantagem de que, aqui, estamos a criar algo que tem também a ver com um local de eleição, onde estamos a tornar real o nosso projeto.
Campo Maior, que sempre nos acompanhou, marcará agora pelas suas condições de clima, pelo solo e pelas castas alentejanas que formam o caráter e o perfil dos nossos vinhos”.

É sempre bom encontrar amigos, como a Maria Helena Duarte
É sempre bom encontrar amigos, como a Maria Helena Duarte

O evento, organizado no espaço “Sem Título“, situado na Rua do Alecrim em Lisboa, constituiu um desafio enogastronómico deste novo espaço na capital, onde gastronomia de fusão e Adega Mayor são o ponto alto.

Um novo espaço em Lisboa, no nº30 da Rua do Alecrim
Um novo espaço em Lisboa, no nº30 da Rua do Alecrim

A particularidade é que se emprata literalmente em cima do vidrado da mesa!

Os vinhos aqui são exclusivos da Adega criada pelo Comendador Rui Nabeiro e dirigido por sua neta, Rita Nabeiro.

am-_gama2017

Aproveitando as sinergias, foi apresentado o Rebranding de marcas da Adega Mayor, com destaque à coleção de mono-castas em que se provaram Pinot Gris, Viognier e Verdelho; no caso do Tinto foi um Touriga Nacional 2015.

Iniciado em 1997 com a a plantação das primeiras vinhas na Herdade da Godinha e três anos mais tarde na Herdade das Argamassas.

Adega criada por Siza Vieira

Em 2007 abriram as portas da Adega Mayor, um sonho antigo de Rui Nabeiro, fruto da sua grande paixão pelos vinhos e pela sua terra, Campo Maior.

Inspirado pelo império que construiu com a Delta em 1961, onde transportou para o modelo de negócio a essência relacional da magia do café, Rui Nabeiro sonhou e a obra nasceu.

Com a sua neta, Rita Nabeiro, materializou e superou o seu sonho.

Da mão do prestigiado arquiteto Siza Vieira, saiu o traço inconfundível da primeira Adega de autor em Portugal, que desenha na paisagem uma referência arquitetónica a nível mundial, que distingue e eleva a herança vinícola da região do Alentejo.

Campo Maior, em tempos terra de vinho, volta a permitir assim, que as raízes da vinha bebam a sua essência e que dela se colham os melhores frutos.

Deixe o seu comentário