Reportagens Turismo Vinhos Wines

Vindimas em Terras do Marquês de Pombal

A imagem de destaque: Retrato do Marquês de Pombal (1766), por Louis-Michel van Loo e Claude Joseph Vernet, exposto o exemplar original no Salão Nobre da Câmara Municipal de Oeiras.


O Marquês de Pombal é para a História de Portugal das figuras mais controversas.

palacio-2
Por um lado era alguém à frente do seu tempo, para outros, um homem que defendia os seus próprios interesses não lhando muito a meios para os atingir.

palacio
Contudo deixou uma marca indelével e diversos legados que quer os portugueses quer quem nos visita podem contemplar e provar.

adega
Em termos vinícolas e começando no Douro, foi o primeiro a classificar no mundo inteiro parcelas para produção de vinho!


Vinho de Carcavelos

Esta região, situada muito próximo da foz do Tejo, foi definida pela carta de lei de 18 de Setembro de 1908.

04.TURISMO
É região vinhateira já antiga.

confraria
No tempo do Marquês de Pombal os vinhos da sua Quinta de Oeiras que em parte está situada na actual região demarcada, eram comprados pela Companhia do Alto Douro.

Obtenção de Vinho de Carcavelos

Entre a chegada das uvas à prensagem

O vinho da região era tão apreciado já nessa altura que entre os presentes enviados por El-Rei D. José I, no ano de 1752, à côrte de Pequim pelo Embaixador Francisco de Assis Pacheco de Sampaio figuravam duas garrafas de vinho de Carcavelos numa caixa forrada de veludo carmezim guarnecida com galões de prata e ferragens também de prata.

A produção total da região chegou a atingir 3.000 pipas no princípio do século XIX.

Vindimas de 2017

A vinha no meio de malha urbana
A vinha no meio de malha urbana

O ano foi bonançoso e originou uvas de excelente teor de açúcares que por sua vez irá resultar num vinho de Carcavelos mais suave, dado ser necessária adição de menor quantidade de aguardente vínica.

dsc06496-preto-e-branco
Refira-se que esta aguardente utilizada é DOC Lourinhã!

Festa de Vindimas com recriação histórica e endumentárias do Séc. XVIII

Na sua Festa de Vindimas foi colhida a Boal Ratinho mesmo no limite da maturação em jeito de just in time!


Quinta da casaboa – Torres Verdas

Mais um dos recantos do Marquês que gostava de sair do seu centro de operações na Capital, Lisboa, e sair uns dias para se recolher fora da cidade.

A Quinta de Casaboa é atualmente um legado de 3 gerações!

dsc06482

A Quinta possui perto de 50 hectares de vinha e existe nos atuais moldes há mais de meio-século, desde que João Ferreira dos Santos resolveu adquirir a quinta e lhe destinou a produção de vinhos.

Vinha na Primavcera

 

Alvarinho

Ora aqui temos um estilo diferente, e quem me conhece sabe que valorizo e aprecio todo o mosaico geral dos vinhos em Portugal, e particularmente, acompanhando nos últimos três meses de perto a realidade dos vinhos de Lisboa, me apercebo da extrema riqueza que existe a poucos quilómetros da capital!

Um convite para que por exemplo neste caso, se desvie numa formal visita e até se adquira um bom vinho.

Vindimas de 2017

Em linha com o resto do país e da região de Vinhos de Lisboa, o bom tempo proporcionou condições para obtenção de excelentes uvas, em condições irrepreensíveis e de grau elevado, mas ao mesmo tempo estrutura para grandes vinhos.

Último dia de vindimas! 

Há uma semana. Impensável por estas zonas.

Fonte das imagens: Joana Paes Pessanha


Quinta do Gradil – Cadaval

A Quinta do Gradil estará sempre intimamente ligada à história de Portugal.

16
A Quinta desde 1492 que existe, e os documentos a comprová-lo remontam a 14 de Fevereiro de 1492, onde D. Martinho de Noronha recebe de D. João II uma carta de doação para administrar terras na região do Cadaval, que incluíam então a Quinta do Gradil.

As marcas históricas são seculares, a comprovar isso mesmo está o traço arquitetónico da casa.

Tinta Roriz vindimada há 2 anos para rosé por esta altura !!

Após a coroação de D. Manuel I, este doa a D. Álvaro de Bragança a Quinta do Gradil, irmão mais novo do 3º Duque de Bragança, D. Fernando II. Acusado de traição foi condenado à morte por decapitação.

Por ocasião do Movimento de Ocupação de Terras Municipais em 1760, a Quinta foi adquirida pelo Marquês de Pombal, sendo que o cultivo da vinha já era prática a juzante.

Vindimas de 2017

fvqg-2017-5

Foi um evento bem animado, ao qual foram ilustres figuras públicas, amigos e convidados do Dr. Luís Vieira, o proprietário e visionário do projeto. Como refere, idêntico à aventura dos Descobrimentos Portugueses.

Numa zona com manhãs húmidas e com orvalhos matinais como refere e bem o enólogo Engº António Ventura, este ano pregou algumas partidas por estes lados, ao ponto das maturações se terem antecipado em cerca de 2 semanas, pelo que na 1ª semana de Agosto já se colhia aquilo que se cuidou ao longo do ano.

Vindimando Sauvignon Blanc

sauvignon blanc
sauvignon blanc

Para Festa de Vindimas a Quinta do Gradil escolheu a Sauvignon Blanc que promete acidez, fruta e muita estrutura.

O criador da primeira região demarcada de vinhos do mundo teve grandes executantes em antigas propriedades suas, particularmente este ano de 2017.

fvqg-2017-21
Bem vindos às Terras do Marquês de Pombal!


 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.