Notas de Prova Os melhores Os Melhores Vinhos Brancos Rankings Regiões Vinhos Vinhos de Lisboa Wines

Chão das Móias Branco 2015

apreciacao-chao-das-moias-branco-2015

Foi provado o Chão das Móias Branco 2015, produzido na região de vinhos de Lisboa, pelo produtor Chão das Móias.


Região: Lisboa
Produtor: Chão das Moias
Castas: Arinto, Fernão Pires, Verdelho e Chardonnay
Álcool: 12,50%

.Preço: 4,50€

Clima: Atlântico com influência mediterrânica
Solo: Argilo-calcários
Denominação: Regional Lisboa

NOTAS DE PROVA

  • Aspeto: Amarelo palha seco, límpido e cristalino
  • Aroma: Notas cítricas, herbáceas, lima, casca de laranja, erva fresca e boa mineralidade.
  • Na boca: Vinho muito fresco, notas de maçãs verdes, muito frutado e leve. Sem sentir o peso do álcool.
  • O final: Final de médio comprimento.

Classificação: 80

Temperatura de Serviço: 10ºC


Harmonização (wine pairing):

O vinho provado tem boa acidez, estrutura, é frutado, combina bem com um prato de marisco mais elaborado, e com o queijo, permite uma conjugação bastante harmoniosa.

Camaroes Tigre no forno - Chef Joe Best
Camarões Tigre no forno pelo Chef Joe Best

Receita

Ingredientes:

  • Camarões Tigre quanto maiores, melhor
  • Queijo (este na ocasião era um tipo Serra, curado, com pimentão)
  • Malaguetas grandes, capsicun frutescens
  • Azeite
  • Sal
  • Pimenta (opcional)
  • Lima (zest e sumo)
  • Vinho moscatel
  • Todas as quantidades a gosto.

Modo de preparação:

Pré-aqueça o forno a 180º.
Abrir os camarões sem os separar, de modo a que fiquem espalmados.
Abrir as malaguetas e cortar às rodelas ou em tiras finas.
Salpicar de sal, pingar de azeite, acrescentar o zest da lima, espremer o sumo e acrescentar a malagueta.
Ralar queijo a gosto para cima.
Levar ao forno quente por 10 minutos.
Tirar o tabuleiro ao fim deste tempo e refrescar com o vinho moscatel.
Levar ao forno por mais 10 minutos.
Não deixem cozinhar mais do que isto porque fica seco e perde toda a suculência.
Servir de imediato.


VEJA O VÍDEO DA NOTA DE PROVA

 

 

 

Deixe o seu comentário