Beira Interior Produtores Turismo Vinhos Wines

QUINTA DO CARDO – DESCRIÇÃO E VISITA

LOGO QUINTA DO CARDO

LOGO QUINTA DO CARDO

Visitar a Quinta do Cardo é suster a respiração! Situada em zona planáltica, a 700 metros de altitude, a quinta está literalmente cercada pelos rios Ãgueda, Côa e Douro.

Com o Engº Luís Leucádio da Quinta do Cardo
Com o Engº Luís Leucádio da Quinta do Cardo

Inserida na sub-região de Figueira de Castelo Rodrigo, dos vinhos da Beira Interior, o clima tem uma amplitude térmica anual relativamente elevada, com invernos muito frios, acompanhados de neve e geada até Fevereiro, associado a verões por vezes tórridos e temperaturas frequentemente superiores a 40ºC. Os solos são assentes em chão xistoso e arenoso.

Aqui a condução é inteiramente biológica, com condições perfeitas e uvas sob ponto de vista fitosanitário muito saudáveis todos os anos.

A ARMADA DE PROVAS!

Um pouco legado do Engº João Correia, o seu enólogo residente, Engº Luís Leocádio é ainda bastante jovem, mas com uma enorme maturidade e grande capacidade de experimentar e aprender. Um exemplo para toda a região de vinhos da Beira Interior, superiormente acompanhada pelo Engº Rodolfo Queirós. Bem hajam a ambos pelo vosso trabalho.

Um comité de receção muito especial e simpático
Um comité de receção muito especial e simpático

Dentro de uma paisagem deslumbrante, e apesar do frio, a receção e provas foram suficientes para aquecer o espírito e a alma com um programa repleto de novidades, mostos em evolução, líquidos retirados diretamente das barricas e visita a um autêntico banco de ensaios experimentais que o Engº Luís Leocádio aqui tem. Ensaios de Síria, Chardonnay e imagine-se um “Orange Wine” que muito promete e o qual destaco pela sua originalidade.

De todas as provas destaque em tintos para um Touriga Franca com estágio de madeira, álcool suave e pouco pesado (12º), mas de grande intensidade e delicadeza, demonstrando que é possível uma extração ótima de aromas com vinhos de baixa graduação, contrariando assim alguns dogmas. Depois temos aqui um Síria com madeira subtilmente marcada e que nos foi dada a provar, demonstrando grande vocação do terreno para brancos excecionais. Os destaques são muitos aqui, mas o melhor é convidar o leitor e consumidor a explorar o imenso portefólio que a Quinta tem para oferecer.

A companhia durante a visita foi também de imensa qualidade, a destacar o Carlos Ramos e o Marco Lourenço do grupo Cegos por Provas, do Sr. Agostinho Peixoto amante e especialista em espumantes e que me confidenciou o enorme agrado pelo Espumante Rosé de Touriga Nacional, o Sr. António Mendes Nunes que dispensa apresentações, o José Miguel Dentinho e mais tarde juntaram-se ao grupo a Olga Cardoso e o grandioso José Silva com quem é sempre um prazer trocar impressões.

Uma última palavra especial ao Engº Luís Leocádio. Seguramente o melhor enólogo “sub-30” que Portugal tem e está instalado na Beira Interior. Bem hajas por me teres recebido!

DSC02991

ALGUM PORTEFÓLIO

91EJKhFZqvL._SX385_

1 Comentário

Deixe o seu comentário