Reportagens Turismo Vinhos Wines

Prova de Vinhos DFJ na Quinta da Fonte Bela

DSC09624

Esta foi sem dúvida nenhuma, a melhor experiência de prova de vinhos no produtor que já tive o privilégio !!!

O primeiro fator e como em todas as Empresas de sucesso, deve-se às pessoas e quem aqui me recebeu ! Falo do Dr. Luís Gouveia, Eng José Neiva Correia e o seu filho Vasco Neiva Correia.

Os Vinhos Provados

Vinho Castas Grau Denominação
Portada Winemakers Selection branco 2016 Fernão Pires, Arinto, Alvarinho, Chardonnay, Riesling, Moscatel. 12º Regional Lisboa
GRAND’ARTE Alvarinho 2016 Alvarinho 13º Regional Lisboa
Paxis Arinto 2016 Arinto 12º Regional Lisboa
Escada Arinto Reserva 2016 Arinto 12,5º Regional Lisboa
DFJ Alvarinho & Chardonnay 2016 Alvarinho, Chardonnay 13º Regional Lisboa
Quinta do Rocio Branco 2013 Arinto, Chardonnay 12,5º Regional Lisboa
Escada Arinto 2016 Arinto 12º Regional Lisboa
Consensus Branco 2013 Arinto, Chardonnay 12,5º Regional Lisboa
Portada Medium Sweet Rosé 2016 Pinot Noir, Shiraz, Tinta Roriz 12º Regional Lisboa
DFJ Touriga Nacional & Touriga Franca 2014 Touriga Nacional, Touriga Franca 13º Regional Lisboa
Quinta do Rocio 2008 Grenache, Merlot, Shiraz, Touriga Nacional 13º Regional Lisboa
Quinta do Rocio 2013 Grenache, Merlot, Shiraz, Touriga Nacional 13,5º Regional Lisboa
Coreto Joker tinto 2015 Caladoc, Alicante Bouschet, Castelão, Pinot Noir, Tinta Roriz, Touriga Nacional 13º Regional Lisboa
Pedras do Monte Cabernet Sauvignon & Tinta Roriz Tinto 2014 Cabernet Sauvignon, Tinta Roriz 12,5º Regional Lisboa
Alta Corte Tinto 2014 Caladoc, Tinta Roriz 12,5º Regional Lisboa
Francos Reserva Tinto 2015 Touriga Nacional, Touriga Franca, Alicante Bouschet 13,5º Regional Lisboa
Consensus Tinto 2013 Pinot Noir, Touriga Nacional 13,5º Regional Lisboa

Depois temos os espaços físicos das provas, a magnífica Sala de Provas da Quinta da Fonte Bela e a Taberna Ò Balcão, Restaurante que serviu de “ensaio” a dois vinhos com gastronomia.

O terceiro, é a enorme diversidade de estilos apresentados pela DFJ em todos os registos e perfis, que dificulta no bom sentido por vezes a escolha de quem prova.


Destaques dos vinhos provados

Paxis Arinto 2016

Um vinho simples, com estrutura. de baixo grau mas sabor ímpar, muito límpido, de notas cítricas e ainda jovem. A boca é muito redonda, paladar atrativo e um conjunto fácil de beber numa esplanada. Assim foi pensado.

Consensus Branco 2013

Um branco poderoso, com muita estrutura, um mono de arinto fora do habitual, de muita mineralidade, notas cítricas mais esvanecidas com nuances florais, textura redonda, volumoso e multifacetado em termos de gastronomia, assim foi durante o almoço onde mostrou que até a carne o quer !!!

Quinta do Rocio Tinto 2013

Um tinto muito complexo, de cor violácea profunda, madeira bem casada, ainda jovem assim como o 2008 que é mais balsâmico, muito encorpado, sabor muito intenso, sedoso e a mostrar como se devem trabalhar vinhos na zona de Alenquer!

Francos Reserva Tinto 2014

Mais um grande tinto Made by Eng. José Neiva Correia, discípulo de Octávio Pato, assim se vêm e provam grandes tintos !!! Muito poder olfativo, ainda a evoluir, cor muito profunda, sabores a lembrar cacau e frutos silvestres, balsâmicos, alguma farmácia e a pedir charuto.


Conforme referi anteriormente, há um profundo conhecimento de enologia e dos mercados e acima de tudo o que os consumidores em todo o mundo pedem.

Eng José Neiva Correia
Eng José Neiva Correia

“José Neiva Correia começou a trabalhar em 1974, convidado pelo Eng.º Octávio Pato o top dos enólogos portugueses nos anos 60, 70 e 80.

Em 2004 e para comemorar os seus 30 anos de Enologia celebrou apresentando 3 grandes vinhos. O Consensus (Ribatejo), o Escada (Douro) e o FRANCOS (Alenquer).”

Assim sendo, reuniram-se todas as condições para um dia inteiro com experiência única na DFJ.


logo-cvr-lisboa

Deixe o seu comentário