MENUS COMPLETOS Turismo Vinhos Wines

Chef Hernâni Ermida prepara

coxas-de-frango-com-louro-e-limao

Ganhando embalagem para a Páscoa, esta semana sugerimos ao Chef Hernâni Ermida um Quinta do Cardo Grande Escolha Tinto 2011, para o qual foi preparado Coxas de frango com louro e limão.

Ingredientes

  • 4 coxas de frango
  • 4 folhas de louro
  • 4 rodelas de limão
  • 1,5 dl de azeite
  • 12 dentes de alho
  • 3 dl de caldo de galinha
  • 400g de batatinhas novas
  • 1/2 chouriço de carne picado
  • 1 raminho de alecrim ou tomilho
  • Sal e pimenta acabada de moer
  • Fio de cozinha

Preparação

Tempere as coxas com sal e pimenta acabada de moer, lave as batatas com a pele e leve-as a cozer num tacho com água a ferver durante 8 minutos e depois escorra.
Ligue o forno a 180º, ponha em cima de cada coxa uma folha de louro e uma rodela de limão e ate com fio de cozinha. Leve ao lume um tacho com 3 colheres de sopa de azeite, deixe aquecer, junte as coxas de frango com a pele voltada para baixo e deixe cozinhar até ficarem douradinhas.
Junte metade dos alhos inteiros com a casca e metade do caldo, tape, reduza o lume e deixe cozinhar durante 40 minutos virando e juntando o resto do caldo aos poucos. O frango deve ficar douradinho mas sem caldo. Deite a batatas para um tabuleiro, junte o alecrim ou o tomilho, o resto dos alhos inteiros com a casca, regue com o resto do azeite e leve ao forno durante 20 minutos.
Espalhe em cima o chouriço picado, misture, deixe no forno mais 5 minutos e depois sirva com o frango.


Região: Beira Interior
Produtor: Quinta do Cardo – Companhia das Quintas
Castas: Touriga Nacional 70%, Tinta Roriz 30%
Álcool: 14,0%

Custo: 19,90€

Clima: Temperatura térmica anual elevada: Invernos muito frios com neve e geada em Fevereiro; verões por vezes tórridos com temperaturas superiores a 40ºC. Em altitude superior a 700m
Solo: Xistosos e arenitos
Denominação: DOC Beira Interior

  • Aspeto: Côr violácea profunda e opaca.
  • Aroma: Impacto inicial muito balsâmico, de frescura, baunilha, cacau, passando para fruta silvestre, amoras, mirtrillos, especiaria, suave charuto e ligeiros frutos secos. Bouquet muito bem composto!
  • Na boca: Vinho de taninos irrepreensíveis, textura muito linear e redonda, frescura também na boca, acidez viva mas sem agulha, muita classe neste néctar, a mostrar o que a Beira Interior consegue fazer!
  • O final: Final de comprimento muito longo com o fruto a marcar pontos.

Temperatura de Serviço: 16ºC


Harmonização

Para um prato de frango, temperado com limão e algumas ervas aromáticas, sugerimos um vinho taninoso, bem encorpado, abrilhantado com madeira de carvalho americano, permitindo assim uma boa conjugação vinho-gastronomia.
Bom apetite e bons vinhos.

Deixe o seu comentário