Dão Notas de Prova Os melhores Os Melhores Vinhos Tintos Rankings Regiões Vinhos Wines

Dão Borges Touriga Nacional Tinto 2015

Dão Borges Touriga Nacional Tinto 2015

Foi provado o vinho Dão Borges Touriga Nacional Tinto 2015, produzido na Região do Dão.

Vinificação

Breve maceração pré-fermentativa seguida de fermentação em curtimenta de 6-8 dias a temperatura controlada 28 ºC com remontagens relativamente frequentes.

Após a fermentação alcoólica é feito um período de maceração após o qual se faz a separação do vinho das massas com as quais fermentou e é provocada a fermentação maloláctica.

Estágio

Todo o vinho estagia em barricas de carvalho francês durante 12 meses.


Dados Sobre o Vinho

REGIÃO: Dão
PRODUTOR: Borges – JMV
CASTAS: Touriga Nacional
ÁLCOOL: 13º

Clima: Clima continental temperado
Solo: Granítico
Denominação: DOC Dão

Notas de Prova

  • ASPETO: Cor granada opaca.
  • AROMA: Aromas ainda fechados, com notas de couro, ligeiros frutos secos, florais e ainda em evolução. Bouquet atrativo.
  • BOCA: Vinho em evolução, taninos ainda austeros, mas de sabor muito apelativo, com algumas notas fumadas, de cacau e textura aveludada..
  • FINAL: Termina com muito bom comprimento.

Classificação: 89

ficha Dao Borges Touriga Nacional Tinto 2015

Temperatura de Serviço: 16ºC


Harmonização (Wine Pairing)

Para este vinho taninoso, encorpado e de muita estrutura, sugerimos prato forte, com muito tempero.


Receita

Boeuf bourguignon – Chefe Gordon Ramsay

Boeuf bourguignon_burned

Ingredientes

  • 3 ou 4 pedaços de lombo de vaca, ou cerca de 1 Kg de pernil de vaca cortado em pedaços
  • Azeite
  • 100g de toucinho fumado cortado em tiras
  • 350g de cebolas, descascadas e cortadas a meio (no sentido vertical)
  • 1 cenoura, picada finamente
  • 1 cebola, finamente picada
  • 1 talo de aipo pequeno finamente picado
  • 250g de cogumelos castanhos, cortados em quartos
  • 1 bouquet garni com 1 raminho de tomilho, 1 folha de louro e uns talos de salsa amarrados
  • 1 colher (sopa) de polpa de tomate
  • 750ml de vinho tinto
  • 600ml de caldo de galinha preta ou de vitela

Para o puré de batata:

  • 1 ½ kg de batatas desirée (batata para fritar – vermelha)
  • 100 g de manteiga, cortada em cubos
  • 300ml de leite gordo
  • 6 colheres (sopa) de creme duplo (natas com teor médio de gordura)

Confecção

Ligue o fogão a uma temperatura de cerca de 160ºC.

Aloure a carne numa frigideira, junto com uma colher de sopa de óleo.

Faça por partes, para ter a certeza que todos os pedaços de carne ficam bem douradinhos.

Se a carne colar no fundo, deixe-a cozer até se libertar.

Retire a carne da frigideira, adicione 1 colher de sopa de óleo e aloure as tiras de toucinho seguido pelos legumes e cogumelos, por cerca de 5 minutos cada.

Adicione o bouquet garni e deixe cozinhar por um minuto ou dois.

Adicione a polpa de tomate e despeje o vinho, deixe levantar fervura e deixe cozer em lume alto durante 10 min, depois reduza um pouco o lume.

Despeje numa panela, acrescente novamente a carne e deixe voltar a ferver.

Retire a carne.

Coe o liquido e volte a colocar dentro da panela.

Mantenha o toucinho e os vegetais, mas retire o bouquet garni.

Deixe ferver até reduzir para 250-300mls. Corte a carne em pedaços grandes.

Empurre o toucinho e os legumes para o molho, seguido pela carne e cozinhe em lume brando por 5-10 minutos até ficar bem quente.

Puré de Batata

Para fazer o puré de batata, descasque as batatas e corte em cubos com o mesmo tamanho, em seguida, deixe cozinhar cerca de 12-15 minutos em água a ferver junto com sal.

Em seguida escorra-as bem e volte a colocar na panela, deixe cozinhar por 1-2 minutos sobre um calor seco (para deixar secar o puré).

Amasse as batatas completamente ou pressione as batatas através de um espremedor de batata ou mouli (moinho vegetal) e volte a colocar na panela – Tem que estar isenta de grumos.

Não tentar usar um processador de alimentos visto que este torna o puré pegajoso.

Aos poucos, bata a manteiga nas batatas até que comecem a ficar brilhantes.

Aqueça o leite e as natas numa panela pequena, até ao ponto de ebulição, depois, lentamente, misture o puré de batatas com um pouco de sal e pimenta moída na hora.

Sirva com o bourguignon.


Ficheiro para download

Boeuf bourguignon – PDF

 

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.