Vinhos Wines

Como Guardar Uma Garrafa de Vinho – Rolha e Conservação do Vinho

rolhas

Rolha

 

A rolha não é um elemento de menor importância na embalagem do vinho: é a sua estrutura que permite isolar o líquido do oxigénio e dos microrganismos, contribuindo assim para uma melhor conservação.

Em Portugal usam-se quase exclusivamente rolhas de cortiça, que se obtém do sobreiro.

sobreiro2

Tipos de Rolha

ROLHAS NATURAIS - feitas a partir de uma só peça de cortiça. São recomendadas tanto para vinhos de consumo rápido como para os de estágio médio e prolongado
ROLHAS NATURAIS – feitas a partir de uma só peça de cortiça. São recomendadas tanto para vinhos de consumo rápido como para os de estágio médio e prolongado

ROLHAS MULTIPEÇA - consistem em duas ou mais metades de cortiça coladas entre si. São mais usadas em garrafas de grande formato e não são recomendadas para estágios longos
ROLHAS MULTIPEÇA – consistem em duas ou mais metades de cortiça coladas entre si. São mais usadas em garrafas de grande formato e não são recomendadas para estágios longos

ROLHAS NATURAIS COLMATADAS - resultam do preenchimento dos poros de rolhas de cortiça com pó de cortiça, que é fixado com uma cola à base de resina e borracha natural. Podem ser usadas em garrafas destinadas a estágios de duração média
ROLHAS NATURAIS COLMATADAS – resultam do preenchimento dos poros de rolhas de cortiça com pó de cortiça, que é fixado com uma cola à base de resina e borracha natural. Podem ser usadas em garrafas destinadas a estágios de duração média

ROLHAS TÉCNICAS - são constituídas por um corpo de cortiça aglomerada e discos de cortiça natural colocados numa ou ambas as extremidades. Podem ser usadas em vinhos que se destinam a ser consumidos num prazo de 2 a 3 anos e apenas se recomendam para estágios de curta duração
ROLHAS TÉCNICAS – são constituídas por um corpo de cortiça aglomerada e discos de cortiça natural colocados numa ou ambas as extremidades. Podem ser usadas em vinhos que se destinam a ser consumidos num prazo de 2 a 3 anos e apenas se recomendam para estágios de curta duração

ROLHAS AGLOMERADAS - são feitas a partir de granulados de cortiça proveniente das sobras da produção. Além de ser uma solução económica, permite, simultaneamente, uma vedação perfeita por um período máximo de 12 meses
ROLHAS AGLOMERADAS – são feitas a partir de granulados de cortiça proveniente das sobras da produção. Além de ser uma solução económica, permite, simultaneamente, uma vedação perfeita por um período máximo de 12 meses

ROLHAS CAPSULADAS
ROLHAS CAPSULADAS – são constituídas por um corpo de cortiça natural ou colmatada ao qual se fixa uma cápsula de outro material, como madeira, plástico, porcelana, ou metal. Normalmente são utilizadas em vinhos licorosos e bebidas espirituosas

Conservação do vinho

Os vinhos (brancos e tintos) sofrem várias alterações à medida que envelhecem. A forma como são guardados influencia o seu desenvolvimento. Após um envelhecimento mais ou menos prolongado, a cor, o aroma e o sabor modificam-se, em consequência de várias alterações que ocorrem nos componentes do vinho, como os ácidos e os taninos.

Nem todos os vinhos são bons para guardar. Mas, de qualquer forma, convém não esquecer que o local e a forma como as garrafas são armazenadas são fatores determinantes para assegurar uma conservação adequada e evitar surpresas na altura de provar o vinho.

Deixe o seu comentário