Uncategorized

Na Rota dos Vinhos de Lisboa – Especial Vindimas 2015

LOGO VDM LX3
Com o apoio
Com o apoio

O ano transato foi especialmente favorável para a Região de Vinhos de Lisboa e particularmente generoso na quantidade e qualidade que se produziu. A avaliar nas provas de mosto, um verdadeiro luxo!

ADEGA COOPERATIVA DA LOURINHÃ – VINDIMAS

clique na galeria para ampliar

A campanha das vindimas atingiu a maior produção dos últimos vinte anos: 125 milhões de quilos de uva, o equivalente a cerca de 100 milhões de litros de vinho.

ADEGAMÃE – VINDIMAS EPROVAS DE MOSTO

Para além do extraordinário aumento da produção, que registou um crescimento na ordem dos 25%, é também na qualidade da uva, a melhor das últimas duas décadas, que os resultados impressionam.

CASAL DA MANTEIGA – VINHO DE CARCAVELOS – VINDIMA

“Com um clima bem mais seco do que aquele que registámos no ano passado e a precipitação, apesar de escassa, a cair de forma certeira no calendário da vinha, 2015 trouxe para a Região a melhor uva desde o início dos anos 90, o que se traduzirá, naturalmente, nos melhores vinhos dos últimos 25 anos”, afirma Vasco d’Avillez, presidente da Comissão Vitivinícola da Região de Lisboa (CVR Lisboa).
“Com um clima bem mais seco do que aquele que registámos no ano passado e a precipitação, apesar de escassa, a cair de forma certeira no calendário da vinha, 2015 trouxe para a Região a melhor uva desde o início dos anos 90, o que se traduzirá, naturalmente, nos melhores vinhos dos últimos 25 anos”, afirma Vasco d’Avillez, presidente da Comissão Vitivinícola da Região de Lisboa (CVR Lisboa).

Com um peso crescente na produção nacional, a CVR Lisboa deverá certificar cerca de 35 milhões de litros de vinho, o que representa um encaixe financeiro para a Região na ordem dos €100M, sendo o restante vendido como vinho (ex-mesa).

Casa Agrícola Ribeiro Correa – Vindimas

Segundo a entidade certificadora dos Vinhos de Lisboa, 2016 deverá, assim, ter um desempenho acima da média no que respeita às exportações, reforçando a sua presença em mercados como os Países Nórdicos, Brasil, EUA, Benelux, Rússia, China e Angola.

Casa Santos Lima – Vindimas

Recorde-se que Lisboa é a segunda maior Região Vitivinícola do país, logo a seguir ao Douro, exportando cerca de 65% dos vinhos que certifica.

VINHOS DE COLARES – VINDIMAS

A Região Vitivinícola de Lisboa engloba as seguintes Denominações de Origem: Alenquer, Arruda, Bucelas, Carcavelos, Colares, Encostas d’Aire, Lourinhã, Óbidos e Torres Vedras.
A Região Vitivinícola de Lisboa engloba as seguintes Denominações de Origem: Alenquer, Arruda, Bucelas, Carcavelos, Colares, Encostas d’Aire, Lourinhã, Óbidos e Torres Vedras.

 

VINHOS CORTÉM – VINDIMAS E PROVAS

QUINTA DO PINTO – VINDIMAS

QUINTA DA MURTA – VINDIMAS

QUINTA DA SAPEIRA – VINDIMAS

QUINTA DE CHOCAPALHA – PROVA DE MOSTOS

QUINTA DE SANT’ANA – VINDIMA E PROVA DE MOSTOS

QUINTA DO BOIÇÃO – VINDIMAS

QUINTA DO GRADIL – VINDIMAS

QUINTA DO MONTE D’OIRO – VINDIMAS

QUINTA DOS CAPUCHOS – VINDIMAS E PROVA DE MOSTOS

COMPANHIA DO SANGUINHAL – VINDIMAS E PROVA DE MOSTO

Deixe o seu comentário