Turismo Vinhos Wines

Abertura de garrafão de Vinho de Colares Branco

2

O Prof. Virgílio Loureiro é um livro aberto à aprendizagem e à paixão pelo vinho. Especialmente os vinhos históricos, como o de Colares.

Eng José Baeta e Prof. Virgílio mostram como se abre e como se decanta

Se bem pensou, melhor o Prof. Virgílio tratou de providenciar um programa à altura da história que Colares merece em termos vínicos.

Vinhas em Chão de Areia em Fontanelas

Visita a vinhas, cenário edílico como as instalações da Adega Viúva Gomes e claro, um vinho para presentear quem assistia com um momento e vinho únicos!

O objectivo foi dar a conhecer a paisagem vitícola de Colares, todo o processo de produção de uvas e uma viticultura heróica, única no mundo, que teima em resistir aos efeitos devastadores da globalização.

O Famigerado Garrafão !

13

Muitos dos estrangeiros que estiveram presentes (americanos, ingleses, eslovenos e asiáticos) não conseguiram disfarçar a sua imensa surpresa com as “vinhas” de chão-de-areia, sorrindo, fotografando, filmando e chegando ao ponto de perguntar se “davam uvas”!

O Professor fez-se acompanhar do fotógrafo Rui Viegas, o autor das fotografias que aqui se publicam, assim como a Sra. Valéria Zeferino que também assistiu e provou.

De acordo com Valéria Zeferino, ” Mais de 80 anos, este vinho de Colares esperou por este momento.

Pela sua cor âmbar, límpida e brilhante, e pelo seu aroma podia se confundir com um generoso.

Partilhava as características do xarope de ácer, caramelo salgado, frutos e cogumelos secos, caril e molho de soja. Seco-seco-seco, com vigor e uma acidez marcante, passava a um final longo e salino.

Teve todo o direito ao seu momento de gloria neste estilo pouco convencional.

Deixe o seu comentário