Beira Interior Lojas do Produtor Produtores Turismo Vinhos Wines

ADEGA COOPERATIVA DE PINHEL

Adega Cooperativa de Pinhel
6400-348 Pinhel
Contactos
Tel.: +351 271 413 352
Fax: +351 271 413 371
E-mail: adega-pinhel@mail.telepac.pt
Adega Cooperativa de Pinhel 6400-348 Pinhel Contactos Tel.: +351 271 413 352 Fax: +351 271 413 371 E-mail: adega-pinhel@mail.telepac.pt
Adega Cooperativa de Pinhel
6400-348 Pinhel
Contactos
Tel.: +351 271 413 352
Fax: +351 271 413 371
E-mail: adega-pinhel@mail.telepac.pt

 

Apesar de discreto, o vinho é um importante símbolo e componente económica da cidade de Pinhel e restante concelho.

AC PINHEL1
Como a maioria das Adegas Cooperativas, a Adega de Pinhel surge há mais de 50 anos, concretamente em 1951. Atualmente tem capacidade de receção de 17 mil toneladas de uva.

9d0b586d7cd1d2b03feb7e49d9058814_N
As marcas principais são D. João I, D. Manuel I e Varandas do Castelo. Entre os principais mercados exteriores, estão países como o Brasil, Angola, Alemanha, Luxemburgo e França.

Entre as obras mais recentes contam-se investimentos de ampliação, aquisição de central de frio e há pouco tempo foi instalado dos mais modernos sistemas de decantação e filtragem de vinhos do país, que se repercute ao nível do enchimento e engarrafamento de qualidade.

Dadas algumas condições particulares do terroir, designadamente ao nível de solos granítico-xistosos e grandes amplitudes térmicas ao longo do ano, oscilando entre invernos bastante frios e tórridas estações de estio.

A casta branca Síria é rainha aqui e tem carácter muito particular.

36 Comentários

  1. Olá. Eu gostaria de saber quais as castas compõe o branco do D.João I branco. O degustei degustei um tempo atrás e achei maravilhoso. E em breve degustarei o tinto, onde também gostaria de saber suas castas. Grato. Bruno

  2. Olá, compro D. João I em São Paulo. Gosto, ótima relação custo/benefício. Porém, duas sugestões: A rolha é horrível e, por favor, colocar a safra no rótulo da garrafa, pois cria insegurança ao consumidor desconhecê-la. Abraço.

  3. D. João l melhor vinho que tomei com valor acessivel para quem amada degusta vinhos de qualidade e não pode gastar( investir) espero conhecer os outros da cooperativa futuramente. Parabéns excelente qualidade 😍

  4. A Adega de Pinhel faz vinhos muito interessantes. É pena que seja dificil aceder aos mesmos, com excepção do Encostas do Côa, mas que não está ao nível do Dom Manuel. Esperemos que o novo site traga novidades nesse campo.

  5. queria saber se tem vinhos rosados em boxe de 5 litros e onde os posso encontrar.
    obrigado
    a.nunes

  6. Sempre ouvi comentários favoráveis acerca dos vinhos de Pinhel. Quando encontrei à venda no supermercado onde habitualmente faço compras, adquiri uma box 5L D. João I e gostei. Saber bem, ele sabe, gostaria era de saber se é um vinho de qualidade – se não tem artifícios para ser um produto simplesmente comercializável.

  7. Já bebo os vinhos de Pinhel há muito tempo e o tinto D. Manuel I é, na minha modesta opinião, muito bom. É o que eu chamo de “vinho social”, dá para acompanhar um serão pois é bastante suave, porém, com corpo e paladar. Os espumantes quando em ano DOC são absolutamente espetaculares. Os vinhos de Pinhel são a melhor relação qualidade-preço do mercado nacional.

  8. O vinho d.joao l é um vinho espetacular ! Um rótulo simples mas seu sabor é impar só portugal consegue produzir vinhos com mix de uvas regionais isso faz a diferença!

  9. Bom dia gostaria de saber as castas do vinho tinto D. Manuel I colheita de 1985, adquiri uma e já agradeço uma opinião de quem conhece este vinho. obrigado.

  10. Comprei uma garafa de D. João I e tive uma surpresa, pois no final ele deixa na boca um sabor um tanto quanto amargo. Fiquei curioso, gostaria de saber qual tipo de uva entra na sua produção,pois tentei achar na internet e não consegui.

    1. Muito boa noite, Márcio Cavalli. Grato pela sua questão. Gostaria de saber se o vinho que bebeu era branco ou tinto ?

  11. Boa tarde, tenho uma garrafa de vinho tinto da Adega-cooperativa-de-pinhel ( D. MANUEL I reserva, colheita de 1982 )e em excelente estado de conservação e gostaria de saber o valor, será possível?

  12. Comprei com desconfiança o Vosso vinho D.João l em embalagem de 5 litros com desconfiança porque não tem as castas com que é produzido e não tem selo de região demarcada. Questiono o porquê de não ter selo de qualidade nem as castas. Atentamente, Cipriano Freitas seu homónimo 🙂

    1. Boa noite.

      Antes de não representamos de forma alguma a Adega de Pinhel. Somos o Clube de Vinhos Portugueses, página de divulgação de produtos vínicos.

      A resposta à sua questão é muito simples.

      De acordo com o IVV o vinho que refere é designado Vinho de Mesa . Não sendo certificado não só não tem a obrigatoriedade de indicação de castas, como também os então designados Vinhos de Mesa estão impedidos. Sendo da Região da Beira Interior, prevalecem 2 tipos de certificação.
      – Vinhos DOC Beira Interior, com Denominação de Origem.
      – Vinhos IGP Terras da Beira, com Indicação Geográfica Protegida.

      Todos os vinhos de BIB 5L e até sendo de valor reduzido , vêm na maioria sem sêlo de certificação. Caso contrário os vinhos de Bag In Box teriam um custo superior e isso os consumidores NÃo querem pagar também .

      Querem-se vinhos de qualidade e nem sempre os valores até são os justos, quer em garrafa , quer em Bag In Box . Basta ver que a BIB tem um custo, assim como a máquina enchedora e há ainda que pagar justamente aos viticultores .
      No caso de garrafa, tem-se: garrafa, rolha, rótulo, sêlo de certificação, trabalho a produzir o vinho, dá no mínimo 1,25€ .
      Com tudo isto as margens serão necessariamente reduzidas e há que tornar tudo sustentável.

      Grato pela sua questão e atenção dispensada

      1. Boa noite Jorge. É possível saber qual é a uva de mesa usada na produção do D João 1? E pelo que entendi nele é feita a chaptalização?

        1. Me perdoe, lhe escrevo do Brasil e pode ser não seja “boa noite” . Voltando ao D João 1 , consumo bastante dele e mesmo com a travessia do atlântico ; chega aqui pra nós com um preço bem atrativo. É um vinho bem justo. Custo beneficio bom. Abraço.

  13. Boa tarde , gostaria de saber onde posso encontrar o vosso espumante a venda

    1. Boa noite. Os vinhos da Adega Pinhel estão pouco presentes no mercado. No artigo constam os contactos da Adega. Poderá entrar em contacto. Cumprimentos.

  14. Pessoal não sou nenhum enólogo, mas dizer que esse vinho é bom?!!
    Sua cor é quase translúcida, lembra um champanhe, não tem início, meio nem fim….
    Sério por mais que custe pouco, não vale…

    1. Rafael. Respeito a sua opinião. Contudo a cor nem sempre define intensidade de sabores. Pinhel é talhada para vinhos brancos, e os melhores até ver e define a forma de vinificação são os de aspeto límpido e ligeiramente brilhante. Também temos o contrário, vinhos brancos cuja maceração durou mais de 2 semanas. Tem a ver com perfis de consumidores . Cumprimentos. Jorge Cipriano

      1. Olá Jorge,
        Você tem toda razão, na verdade deixei minha opinião pessoal aqui e de forma deselegante, não acrescentando muito aos comentários.
        Quando me referi a cor, só estava querendo falar sobre as características do vinho, e não que um vinho bom deve ter cor.
        Tenho certeza que seus outros vinhos são muito bons, pelos comentários que já li, o que me faz ter interesse em experimenta-los.

        Muito obrigado pela cordialidade, grande abraço!

        1. Caro Rafael. Nunca critiquei as críticas a vinhos e a mim próprio . Apenas coloquei o meu ponto de vista que provo vinhos há mais de 20 anos, em que um dos elementos importantes, como a cor, podem levar muitos ao engano. Convido-o por exemplo, a procurar o “Invisível Branco” da Ervideira. Um Blanc de Noir feito com Tinta Roriz e garanto-lhe que é um vinho incolor, transparente mas cujo sabor explode na boa e nos deixa surpresos. Assim como tem vinhos em que o nariz (aroma) não deixa antever a boca (paladar). Tenho todo o gosto em esclarecer quem a nós recorre. Abraço e cumprimentos.

  15. Gostei do D. João. Pena que o rótulo não detalhe muito sua produção (e poderia trazer o endereço desta página da cooperativa)…

    1. É muito importante para o Clube de Vinhos Portugueses que os seus artigos informam e agradam aos seus leitores. Cumprimentos. Jorge Cipriano

  16. Parabéns aos administradores da cooperativa; Sou português do conselho de
    de Pinhel,mas moro no brasil.A pouco tempo descobri o vinho D. João e gostei muito, o custo benefício é ótimo.

    1. É muito importante para o Clube de Vinhos Portugueses que os seus artigos informam e agradam aos seus leitores. Cumprimentos. Jorge Cipriano

  17. Custo / Benefício total para D.João I ,Varandas do Castelo e Dom Manuel.Pinhel Syria branco é excelente.

  18. Bom dia! eu trabalho com vinhos aqui no Brasil e tive o prazer de conter o vinho D.João I muito bom adorei.

Deixe o seu comentário