Bairrada Vinhos

CAVES ALIANÇA – A TRADIÇÃO QUE ENTROU NO PRESENTE

logoAliança – Vinhos de Portugal SA
Rua do Comércio, 444
3781-908 Sangalhos
Portugal

T: 234732000
F: 234732005
E: alianca@alianca.pt

subheader_quintas

80 anos de História

A Aliança foi fundada em 1927, há mais de 80 anos, por 11 associados liderados por Domingos Silva e Ângelo Neves, em Sangalhos (concelho de Anadia), na região Demarcada da Bairrada.

0003A32CC25485

0003A33D7395DFA empresa começou a exportar de imediato para o Brasil, África e Europa e, hoje, mais de 50 por cento da produção da Aliança destina-se à exportação.

A qualidade dos vinhos, espumantes e aguardentes são a imagem de marca da Aliança em Portugal e nos cerca de 60 países para onde exporta.

Presente nas principais regiões vitivinícolas do País, a Aliança aposta forte na qualidade, e para dar seguimento a esse objectivo, adquiriu Quintas em regiões como o Alentejo, Dão, Douro, Bairrada e Beiras, explorando cerca de 600 hectares (ha) de vinhas.

Nestas explorações foi encetado um profundo trabalho de reconversão e plantação de vinhas, trabalho que tem vindo a ser desenvolvido pela experiente equipa técnica da Aliança.

O investimento nas áreas da produção, com a aquisição das Quintas, estende-se também ao nível da vinificação com a modernização das adegas. Constituiu-se ainda um parque de barricas de carvalho de elevada qualidade para estágio dos vinhos.

A Aliança respira tradição aliada à modernidade.

0003A343AFD53C

A Aliança cresceu e tem vindo a desenvolver uma estratégia de modernização a vários níveis, desde o produto à distribuição, passando pelo enoturismo.

caves alianca2

Em 2007, o Comendador José Berardo adquiriu o capital maioritário da Aliança, passando esta a pertencer ao Grupo Bacalhôa.

caves alianca3

A designação social da Caves Aliança S.A. foi alterada para Aliança Vinhos de Portugal S.A. em Março de 2008, momento em que se procedeu à mudança da imagem institucional. Ainda em 2008, as marcas da Aliança Vinhos de Portugal passaram a ser distribuídas pela a Viborel Distribuição S.A. no mercado Nacional.

caves alianca4

Recentemente foram realizados fortes investimentos na área do enoturismo tendo sido recuperadas as suas instalações em Sangalhos. A Aliança conta agora com um excelente circuito de visitas que passa pelos apaixonantes túneis de estágio de espumantes, pelo impressionante parque de 1.200 barricas para estágio dos vinhos de Quinta e pela tradicional cave de aguardentes.

caves alianca5

Os vinhos da Aliança, como o Quinta dos Quatro Ventos, Quinta da Garrida, Quinta da Terrugem e Quinta das Baceladas, já receberam vários prémios nacionais e internacionais e a empresa foi considerada, em 2005, pela Wine Spectator uma das 20 melhores empresas do sector a nível mundial, tendo sido a única da Península Ibérica incluída nesta classificação.

caves alianca6

Alianca_Classico_Tinto_800

Galeria_Branco_800

Quinta da Garrida

caves_garrida_top

Situa-se em Vila Nova de Tazém, no concelho de Gouveia portanto na região demarcada do Dão.

qta garrida

Com a área total de 112 hectares, dos quais 80 hectares são de vinhas com 15 anos e as restantes novas plantações foram efectuadas com o recurso às mais modernas técnicas.

Garrida_Foto

Os solos são graníticos, ligeiros e pobres, típicos da região e que permitem a obtenção de vinhos com características muito próprias.

Garrida_TN_RSV_2003_800

Touriga Nacional, Tinta Roriz, Jaen e Alfrocheiro Preto são as principais castas tintas aqui produzidas e vinificadas.

Quinta_Garrida_Foto_800

Em separado, na Adega situada em Gouveia, dotada dos mais adequados equipamentos para a produção de vinhos de alta qualidade, com vinificação em separado das castas aí existentes.

Os vinhos que são provenientes desta propriedade:
– Quinta da Garrida Touriga Nacional
– Quinta da Garrida
– Garrida

Técnico Responsável:
A condução técnica da propriedade está a cargo do Eng.º Clemente Almeida.

Quinta das Baceladas

caves_baceladas_top

A Quinta das Baceladas situa-se em pleno coração da Bairrada, na zona de Cantanhede.

1baceladas

Foi nesta quinta com cerca de 5 ha que se iniciou o desenvolvimento vitícola na região, plantando em 1991 a tradicional casta da região, a Baga mas também as inovadoras Mertot e Cabernet Sauvignon.

2baceladas

As Caves Aliança possuem também outras pequenas vinhas plantadas em 2002 destinadas a dar continuidade ao seu projecto Vitivinícola, privilegiando as castas Tinta Roriz e Merlot.

Baceladas_2004_Rotulo

Os vinhos que são provenientes da mesma:
– Quinta das Baceladas

Baceladas_2004_800

Técnico Responsável:
A condução técnica da propriedade está a cargo do Eng.º Clemente Almeida.

angelus_tt

Morada: Quinta das Baceladas
Outil – Cantanhede

Quinta da Terrugem

terrugem3

Situada no Alentejo, na freguesia da Terrugem, no concelho de Elvas, em plena região demarcada de Borba, é hoje um ex-libris dos vinhos alentejanos.

terrugem2

Adquirida em 1991, possuía inicialmente 14 hectares de vinha e tem hoje cerca de 60 ha. plantados com as castas Aragonês, Tinta Roriz, Trincadeira, Periquita, Syrah, Cabernet Sauvignon e Alicante Bouschet.

terrugem

A adega da Quinta da Terrugem está implantada num edifício de traça regional alentejana encastrado numa pequena elevação de terreno na propriedade, que permite o trabalho das uvas através do declive natural.

No exterior encontra-se toda a área de recepção das uvas que, consoante a sua origem, são recebidas numa mesa de escolha ou num pequeno tegão, de onde seguem para um desengaçador e para um permutador que lhes vai infringir um choque térmico, visando uma redução de temperatura para os 10º C.

Com esta operação vai iniciar-se o processo de vinificação que consta de uma maceração a frio seguida da fermentação alcoólica e de maceração final pós fermentativa.

QUINTA1a

Estas operações decorrem em cubas de aço inox, tipo lagar de tampa flutuante de capacidade variável dos 5 aos 20000 litros, refrigeradas por circulação de água fria.

0003A313E41656

As operações de remontagem e de descarga são absolutamente manuais e a prensagem tem lugar em pequenas prensas hidráulicas visando o máximo aproveitamento dos vinhos devido à suavidade da operação.

alabastrobrancvo

Aqui se produz, só em anos excepcionais, o T Quinta da Terrugem, considerado como um dos melhores vinhos do Alentejo.

Outros vinhos que são provenientes desta propriedade:
– Quinta da Terrugem
– Alabastro

Quinta D´Aguiar

Situa-se no sopé da Aldeia histórica – Castelo Rodrigo e tem 350 ha. Os seus solos apresentam uma estrutura franco-arenosa de base granítica, encontram-se também quartzitos e solos xistosos.

casa daguiar 2005 tinto

Com um relevo pouco acentuado está situada, em média, a 550 m de altitude, sofrendo além da influência mediterrânea, uma influência claramente continental com acentuado arrefecimento nocturno.

A precipitação média é de 550mm/ano, concentrada de Outubro a Maio.

A vinha plantada de novo a partir de 1999, ocupa uma área superior a 90 ha, em que 27 ha são regados.

A densidade de plantação varia de 3086 a 3738 pl/ha, sendo a condução da vinha em cordão bilateral.

Casa_D_Aguiar_2005

O encepamento é constituído por 57% de Tinta Roriz, 15% de Touriga Nacional, 12% de Syrah, 10% de Cabernet Sauvignon e 6% de Alicante Bouschet.

Os vinhos que são provenientes da mesma:
– Casa D´Aguiar
– D´Aguiar

Técnico Responsável:
A condução técnica da propriedade está a cargo do Eng.º Clemente Almeida

Quinta dos Quatro Ventos

caves_4ventos_top

Com uma área total de cerca de 150 hectares esta quinta centenária está situada no Douro Superior, nos limites das freguesias de Seixas e Numão, no concelho de Vila Nova de Foz Côa.

4ventosdouro_lg

Faz parte de um vale profundo percorrido pela Ribeira da Teja.

4vts1

Os seus solos são xistosos, com alguns afloramentos graníticos que acrescentam complexidade, frescura e elegância aos vinhos aí produzidos.

Foral_800

As vinhas situam-se em altitudes que variam dos 200 aos 250 metros, numa zona de reduzida pluviosidade e grandes amplitudes térmicas, com exposição solar maioritariamente virada a sul e poente.

Foral_GE_800

Dispõe de um total de 45 hectares de vinha/patamar e vinha ao alto de plantação recente.

q4ventos

Com as castas tradicionais da região: Touriga Nacional, Tinta Roriz, Tinta Barroca, Touriga Franca e Tinta Amarela.

quatro ventos

Possui adega, que para além dos tradicionais lagares de granito, está dotada de depósitos inox de pequena dimensão, permitindo a vinificação em separado das diferentes castas existentes na propriedade.

Quatro_Ventos_2005_Rotulo

Aí se produz só em anos excepcionais o Quinta dos Quatro Ventos Reserva.

Quatro_Ventos_Ficha_Produto_800

Outros vinhos que são provenientes da mesma:
– Quinta dos Quatro Ventos
– Foral Grande Escolha
– Foral

Quatro-Ventos-Reserva-2002-Rotulo

Técnico Responsável:
A condução técnica da propriedade está a cargo do Eng.º Clemente Almeida.

Quatro_Ventos_Reserva_2002_800

Morada: Quinta dos Quatro Ventos
Quinta de Porto Bois
5155-637 Numão

FONTE: Caves Aliança

3 Comentários

  1. I really like your blog.. very nice colors & theme.
    Did you make this website yourself or did you hire someone to do it for you?
    Plz respond as I’m looking to design my own blog and would
    like to find out where u got this from. thank you

  2. A sede e museu das Caves Aliança em Sangalhos merece de todos os portugueses uma visita urgente. Deveria constar de um roteiro a cumprir obrigatoriamnte por todos, sobretudo por aqueles que estão em idade de formação, de modo a incutir nos mesmos o gosto pelo trabalho bem feito. Chamo a isso “educação pelo exemplo” e isso apenas tem merecido do nosso respectivo Ministério a manifestação do seu mais ignóbil desinteresse.Depois queixem-se da falta de motivação dos alunos e professores…
    Aqui está uma empresa que me faz ter orgulho no País a que chamamos nosso e que tão mal governado anda…
    Parabéns ao senhor Comendador e a toda a sua equipa de colaboradores !!!
    Américo Marques

Deixe o seu comentário