Açores Vinhos

VINHOS DA GRACIOSA – ADEGA COOPERATIVA DA GRACIOSA E TERRA DO CONDE

 

A Adega Cooperativa da Graciosa foi fundada em 1962.

O Vinho da Graciosa, regulamentada em  IPR, é produzido na Região Autónoma dos Açores. A ilha cobre uma área de 62 quilómetros quadrados. A Graciosa é a ilha mais a norte do Grupo Central. Tem a ilha do Pico a Noroeste  e a Terceira a sudoeste.

É a segunda ilha menos habitada do arquipélago. É conhecida como a Ilha Branca, devido às suas características casas caiadas de branco.

Os vinhos da Graciosa são uma combinação de vinhos fortificados e l vinhos de mesa brancos-leves, feito principalmente de Verdelho , a variedade mais utilizada.

A vinicultura foi uma das principais actividades económicas na Graciosa, nos séculos XVIII e XIX. Mas, durante a segunda metade desse século, as castas europeias entraram em declínio, seguindo-se a produção do vinho de cheiro.

Com a reconversão de alguns terrenos foi possível recuperar o vinho branco, enquanto complemento da actividade agrícola. Em muitos casos pouco rentável, é feito por gosto e com trabalho.

Depois da trituração e prensagem, o vinho passa por outros processos ate chegar à mesa. A fermentação e o estágio podem demorar mais 6 ou 7 meses. A colheita normalmente só fica em condições de ser engarrafada a partir de Maio.

A introdução das novas técnicas contribui para melhorar a qualidade, que tem vindo a ser reconhecida.

A Adega da Graciosa abastece não só o mercado local, mas também vende para as outras ilhas do grupo central e S. Miguel.

Nos últimos tempos também chega ao continente e surgiram convites dos Estados Unidos, Canadá e Brasil.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

3 Comentários

Deixe o seu comentário