Vinhos

VISITAS GUIADAS EM LÍNGUA GESTUAL ÀS CAVES DE VINHO DO PORTO

sogevinus
Na semana em que se assinala o Dia Nacional de Língua Gestual Portuguesa (15 novembro), o grupo Sogevinus apresenta o serviço de visitas guiadas em língua gestual, disponível nas caves Cálem e Burmester.

Este serviço diferenciador resulta de uma parceria estabelecida com a plataforma Hands to Discover, dedicada à comunicação com a comunidade surda, e está disponível mediante pré-reserva. “O nosso objetivo é permitir que a experiência que oferecemos nas nossas caves esteja ao alcance de todos”, explica Maria Manuel Ramos, diretora de turismo da Sogevinus. “Através desta parceria, conseguimos que as nossas visitas guiadas sejam acompanhadas por um intérprete profissional, especializado em língua gestual, o que permite aos cidadãos surdos desfrutar da experiência em pleno e deixar-se envolver pelo encanto de todo este universo do vinho do Porto”, acrescenta.
 

O apoio e o acompanhamento dado pelos nossos intérpretes permite que esta atividade turística se torne acessível, dando a oportunidade a toda a comunidade surda de ter um verdadeiro conhecimento de um dos símbolos do nosso país em todo o mundo: o vinho do Porto”, destaca Ana Bela Baltazar, CEO da Hands to Discover.
Respeitando todas as normas definidas pela DGS e apresentando o selo “Clean & Safe”, as caves Cálem e Burmester oferecem uma proposta de lazer atrativa para todas as idades, através de visitas simultaneamente lúdicas e educativas. Para além de dar a conhecer toda a história do icónico vinho do Porto e de permitir sentir a atmosfera única que envolve o local onde este envelhece, as visitas às caves podem ainda ser complementadas com provas de vinho, harmonizações com chocolates e queijos, espetáculos de fado ao vivo, e o acesso às várias lojas do grupo, onde é possível encontrar desde os best-sellers aos vinhos mais premiados das várias insígnias que compõem o portefólio da Sogevinus, bem como prendas originais, ideais para a época natalícia que se aproxima, entre outras propostas.

Deixe o seu comentário