Vinhos Wines

PORTUGAL E O VINHO – DA ORIGEM AOS NOSSOS DIAS

Livro de Horas

Desde a origem da videira, que consta que remonte ao ano 6000 AC, para alguns na Mesopotâmia, para outros no Caáucaso na atual Geórgia, até hoje as teses são pouco conclusivas, pelo que é necessário irmos a tempos relativamente mais recentes.

 

videiras selvagens
videiras selvagens

Para simplificarmos a leitura temos 4 capítulos adaptados da obra do Eng. Fernando Ghira e a História do Vinho na Península Ibérica.

1 – A ORIGEM DA VIDEIRA A origem da vinha e da videira perde-se nos tempos. consta até que precede a própria Humanidade! Presume-se há 65 milhões de anos, em que era apenas uma liana, que crescia de forma frondosa e em larga escala competindo com outras plantas. Existem diversas espécies do génerop Vitis. No nosso caso interessa a espécie Vitis Vinifera, (saber mais...)
1 – A ORIGEM DA VIDEIRA
A origem da vinha e da videira perde-se nos tempos. consta até que precede a própria Humanidade! Presume-se há 65 milhões de anos, em que era apenas uma liana, que crescia de forma frondosa e em larga escala competindo com outras plantas. Existem diversas espécies do génerop Vitis. No nosso caso interessa a espécie Vitis Vinifera, (saber mais…)

2 – CHEGADA DA VIDEIRA A PORTUGAL Existe uma segunda corrente que refere que a introdução de vinha é anterior aos Fenícios, devido aos achados de graínhas de uva na zona de Marrazes (Leiria). No entanto, na zona da região anteriormente designada por Estremadura, foi onde os Fenícios iniciaram o plantio de vinha em larga escala, devido à sua posição bastante favorável quer em termos geográficos, quer em termos edafo-climáticos. (Saber mais)
2 – CHEGADA DA VIDEIRA A PORTUGAL
Existe uma segunda corrente que refere que a introdução de vinha é anterior aos Fenícios, devido aos achados de graínhas de uva na zona de Marrazes (Leiria). No entanto, na zona da região anteriormente designada por Estremadura, foi onde os Fenícios iniciaram o plantio de vinha em larga escala, devido à sua posição bastante favorável quer em termos geográficos, quer em termos edafo-climáticos. (Saber mais)

3 – EXPANSÃO DA CULTURA DA VINHA EM PORTUGAL – DA NACIONALIDADE ATÉ AO SÉCULO XVIII Após a fundação da Nacionalidade e consequente expulsão dos Mouros que permanecerem no nosso território mais de 4 séculos, retomou-se o cultivo de vinha, tendo sido fortemente incentivado o seu cultivo, entregando esta tarefa às ordens religiosas. (Saber mais)
3 – EXPANSÃO DA CULTURA DA VINHA EM PORTUGAL – DA NACIONALIDADE ATÉ AO SÉCULO XVIII
Após a fundação da Nacionalidade e consequente expulsão dos Mouros que permanecerem no nosso território mais de 4 séculos, retomou-se o cultivo de vinha, tendo sido fortemente incentivado o seu cultivo, entregando esta tarefa às ordens religiosas. (Saber mais)

4 – SÉCULO XIX – UM SÉCULO CONTURBADO Apesar da sobreprodução registada a meio deste século, factos gravosos levaram a um grande declínio da viticultura em Portugal. Invasões Francesas Começaram no início do século e conduziram ao abandono de terras e propriedades, a juntar aos saques perpetrados pelos invasores, culminando com o desvio de quase toda a mão-de-obra para a edificação da defesa de Lisboa, as célebres Linhas de Torres. (Saber mais)
4 – SÉCULO XIX – UM SÉCULO CONTURBADO
Apesar da sobreprodução registada a meio deste século, factos gravosos levaram a um grande declínio da viticultura em Portugal. Invasões Francesas Começaram no início do século e conduziram ao abandono de terras e propriedades, a juntar aos saques perpetrados pelos invasores, culminando com o desvio de quase toda a mão-de-obra para a edificação da defesa de Lisboa, as célebres Linhas de Torres. (Saber mais)

 

HISTÓRIA DO VINHO NA PENÍNSULA IBÉRICA Embora envolto em muitas dúvidas e mitos, pensa-se que a vinha terá sido cultivada pela primeira vez em terras da Península Ibérica (vale do Tejo e Sado), cerca de 2 000 anos a.C., pelos Tartessos, dos mais antigos habitantes desta Península, cuja civilização parece ter sido bastante avançada. (Saber mais)
HISTÓRIA DO VINHO NA PENÍNSULA IBÉRICA
Embora envolto em muitas dúvidas e mitos, pensa-se que a vinha terá sido cultivada pela primeira vez em terras da Península Ibérica (vale do Tejo e Sado), cerca de 2 000 anos a.C., pelos Tartessos, dos mais antigos habitantes desta Península, cuja civilização parece ter sido bastante avançada. (Saber mais)

 

 

 

 

 

Deixe o seu comentário