Vinhos

CHURCHILL’S: UMA NOVA IMAGEM PARA UMA NOVA DÉCADA

Churchill's Ports portfolio

Para assinalar o começo da sua quinta década, liderada por uma nova geração, a Churchill’s lança uma nova imagem dos seus vinhos do Porto e Douro. Uma imagem que reforça o perfil da Churchill’s enquanto produtor boutique, líder na inovação e na produção sustentável, ao mesmo tempo que conta a história de empreendedorismo do seu fundador.

“Eu tinha apenas 29 anos quando fundei a Churchill’s em 1981, com uma paixão por fazer algo distinto no mundo”, refere o fundador e enólogo da Churchill’s, Johnny Graham. “Com métodos de produção tradicionais, usando exclusivamente uvas letra A, a melhor qualidade no Douro, quis produzir vinhos com um perfil diferente do que as pessoas esperavam da categoria, mais seco, fresco e elegante”.

Nas últimas quatro décadas, e a partir do zero, o Johnny construiu uma casa de vinho do Porto reconhecida mundialmente. Ninguém tinha criado uma empresa de vinho do Porto nos últimos cinquenta anos, e poucos se atreveram desde então. O Johnny era o mais recente membro de uma família de fundadores, cujo legado no Douro remonta a seis gerações. Agora, a sua filha, Zoe Graham, e o seu genro, Ben Himowitz, estão a preparar-se para os próximos quarenta anos.

“Um dos desafios que enfrentamos enquanto categoria é como reintroduzir o vinho do Porto a uma nova geração de consumidores”, disse Zoe Graham. “Hoje em dia, nada existe por si só. Neste processo, quisemos encontrar um espaço para o vinho do Porto dentro de um estilo de vida contemporâneo. E, por isso, procurámos uma identidade visual e uma estética para os nossos vinhos do Porto e do Douro que fosse irreverente e original, fugindo às convenções usualmente associadas a esta categoria”.

Deixe o seu comentário