Vinhos

Quinta do Paral mostra que na Vidigueira não se fazem só bons Brancos

Quinta-do-Paral

Na terça-feira passada a Quinta do Paral apresentou a sua gama de vinhos Brancos e Tintos numa sessão de apresentação promovida pela Adega do Saraiva em Nafarros – Sintra.

Esta apresentação esteve cargo de João Anjinho, responsável pelo mercado nacional e pelo enólogo Luis Morgado Leão, que de uma forma sucinta e pragmática nos transmitiram notas muito interessantes sobre os seus vinhos e o seu terroir.

Apresentacao-Quinta-do-Paral

Antes de avançarmos para as estrelas da noite, gostaria de partilhar com leitor um pouco mais sobre a Quinta do Paral.  Esta quinta deve muito da sua história ao empresário alemão Dieter Morszeck, ex-presidente e neto do fundador da marca de malas de luxo Rimowa, que se apaixonou-se por Portugal quando passava férias em Melides. Em 2017 decidiu adquirir 85 hectares de terra na Vidigueira e investir alguns milhões de euros para produzir vinhos ímpares e construir um hotel de luxo com 18 quartos, o qual deverá estar concluído em breve.

A Quinta do Paral situa-se no Alentejo, na sub-região da Vidigueira que lhe confere um terroir único, caraterizado por uma grande amplitude térmica, visto que de dia faz muito calor e à noite, muito influenciada pela serra do mendro, a temperatura cai a pique, segundo nos confidenciou o enólogo Luis Leão.

Nesta prova foram apresentadas as categorias Classic, Colheita Seleccionada e Reserva sendo que as estrelas da noite na nossa opinião foram o Quinta do Paral Reserva Tinto e o Quinta do Paral Colheita Selecionada Branco. Segundo João Rego, confrade na Confraria Vinho com Alma, “O vinho que gostei mais foi o tinto entrada de gama, um vinho para a piscina.” este acrescenta que, “Só aponto um defeito ao tinto de entrada, o preço recomendado por volta dos 8 euros que já começa a entrar numa liga onde existe muita e boa escolha. É o problema de vivermos neste país de tantas pérolas boas e baratas.

Quinta do Paral Reserva Tinto:

quinta-do-paral-tinto-2017

  • Notas de Prova: Vinho de extrema elegância, tem uma intensidade aromática onde se destaca a fruta preta madura envolvida nas notas de pimenta . Com um final de boca longo e persistente, é um vinho de caracter único.
  • Castas: Alicante Bouschet, Cabernet Sauvignon, Malbec e Marselan
  • Vinificação: Depois de seleção manual dos cachos inteiros, as uvas desengaçadas, fermentaram em lagar com pisa mecânica, a temperatura controlada 24-28º durante 12 dias. Estagiou durante 16 meses em barricas de carvalho francês e americano.
  • Enólogo: Luis Leão
  • Álcool: 15 % vol
  • Garrafa: 75cl
  • Ano: 2017

Preço Recomendado:  23,50 Euros

Quinta do Paral Colheita Selecionada Branco:

 Quinta-Paral-Branco-2018

  • Notas de Prova: Vinho aromaticamente complexo, onde se destacam notas citrinas de lima e limão, aliadas à mineralidade transmitida pelas castas Arinto e Vermentino.
  • Castas: Arinto e Vermentino
  • Vinificação: Após a seleção manual de cachos inteiros, as uvas são desengaçadas e o mosto decantado estaticamente. A fermentação decorre com temperatura controlada (12-16º), seguida de estágio durante 3 meses em barricas novas de carvalho francês.
  • Enólogo: Luis Leão
  • Álcool: 12,5 % vol
  • Garrafa: 75cl
  • Ano: 2018

Preço Recomendado:  16,00 Euros

1 Comentário

Deixe o seu comentário