Vinhos

Quinta da Lapa brilha em prova na Adega do Saraiva em Sintra

prova-adega-do-saraiva

Esta semana o Clube de Vinhos Portugueses esteve na apresentação de vinhos da Quinta da Lapa que decorreu na Adega do Saraiva em Sintra. Esta apresentação esteve a cargo de José Barreto, o responsável pela divulgação e comercialização da Quinta da Lapa que nos trouxe à prova a sua gama de brancos, tintos e espumantes.

Para quem ainda não conhece a Quinta da Lapa, esta quinta tem mais de 300 anos, foi adquirida em 1706, por D. Lourenço de Almeida ao Capitão Bartolomeu Lobo da Gama, por 11 500 cruzados. Numa localização única, nas melhores terras escolhidas, entre as férteis colinas a leste da Serra de Montejunto, um território que faz hoje parte da região vitivinícola do Tejo, a Quinta da Lapa conta com cerca de 100 hectares.

Começámos com o Quinta da Lapa Espumante Bruto Nature Reserva, espumante incrível com notas florais, notas citrinas, frutos secos e um grau de acidez perfeito.

quinta-da-lapa-espumante-bruto

  • Castas: 100% Arinto
  • Vinificação: Fermentação do vinho base em cuba de inox, com temperatura controlada. Segunda fermentação em garrafa, método clássico “champenoise” durante 28 meses.
  • Notas de Prova: Aromas florais e citrinos notas subtis de brioche e frutos secos. Sabor frutado, acidez vibrante, harmonioso e elegante, bolha fina e abundante, persistente e macio.
  • Longevidade: Pode estagiar em boas condições por um período de pelo menos 5 anos.
  • Enólogo: Jaime Quendera & Jorge Ventura
  • Álcool: 12 % vol.

Nos brancos destacamos o Quinta da Lapa Branco Reserva, um branco guloso, com notas de mel e frutos tropicais.

quinta-da-lapa-reserva-branco-tejo

  • Castas:  35% Arinto, 35% Chardonnay e 30% Viognier
  • Vinificação:  Fermentação com “bâtonnage”em cubas de inox com temperatura controlada.
  • Estágio:  Estagiado em madeira de carvalho por um período de 4 meses.
  • Notas de Prova:  Cor amarela esverdeada, aroma com notas cítricas, mel e frutos tropicais bem conjugado com a madeira onde estagiou. Fresco e elegante na boca, com final persistente.
  • Longevidade:  Pode estagiar em boas condições por um período de pelo menos 5 anos.
  • Álcool: 13% vol
  • PVPR: 7,10 €

Nos vinhos tintos, embora todos os tintos demonstrados fossem de elevada qualidade, temos de destacar dois deles:

O Quinta da Lapa Malbec Reserva, vinho incrível desta casta Argentina, redondo, açúcar no ponto, taninos equilibrados, notas de compota e frutos vermelhos.

QUINTA-DA-LAPA-MALBEC-281x600

E o medalhado Quinta da Lapa Tinto Reserva, um tinto surpreendente que não parava de evoluir no copo  de prova, vinho de cor rubi e aromas de tosta, especiarias e fruta madura. Vinho redondo, equilíbrio entre a acidez e os taninos muito bem conseguido.

quinta-da-lapa-reserva-tinto-tejo

  • Castas:  25% Touriga Nacional, 25% Merlot, 25% Cabernet Sauvignon e 25% Syrah
  • Vinificação:  Fermentação em cubas de inox com temperatura controlada.
  • Estágio:  12 meses em meias pipas de carvalho francês e americano.
  • Notas de Prova:  Cor rubina intensa, aromas cativantes e bem definidos de fruta madura, especiarias e tosta fina. Na boca é expressivo e sedutor, revelando fruta bem casada e taninos polidos que proporcionam um final persistente e elegante.
  • Longevidade:  Pode estagiar em boas condições por um período de pelo menos 8 anos.
  • Enólogos: Jaime Quendera & Jorge Ventura
  • Álcool: 14% vol.
  • PVPR: 13,95 €

 

Deixe o seu comentário