A Lenda da Sopa da Pedra
Tal como quase todos os costumes, tradições e também gastronomia regional, a Sopa da Pedra tem uma lenda associada…. Um frade andava no peditório. Chegou à porta de um lavrador, não lhe quiseram aí dar esmola. O frade estava a cair com fome, e disse: – Vou ver se faço um caldinho de pedra! E pegou numa pedra do chão, sacudiu-lhe a terra e pôs-se a olhar para ela, para…
RECEITA DA SOPA DA PEDRA
RECEITA I – Sopa de Pedra Ingredientes (Para 8 a 10 pessoas) 1 litro de feijão encarnado ; 1 orelha de porco ; 1 chouriço negro (de sangue da região) ; 1 chouriço de carne ; 150 g de toucinho entremeado ; 750 g de batatas ; 2 cebolas ; 2 dentes de alho ; 1 folha de louro ; 1 molho de coentros ; sal e pimenta Preparação Se…
ADEGA COOPERATIVA DE ALMEIRIM – Bons vinhos a preços imbatíveis
ZONA INDUSTRIAL 2081 – 901 ALMEIRIM, Portugal TEL: +351 243 570 560 marketing@adegaalmeirim.pt A Adega Cooperativa de Almeirim foi fundada em 1958, na cidade de Almeirim, região do Ribatejo. Cinquenta anos depois, é um dos maiores produtores de Portugal. Com cerca de 2.000 hectares de vinha, a capacidade de produção ronda os 23 milhões de litros por ano. A qualidade dos vinhos foi sempre a principal motivação. Todos os investimentos…
SUGESTÕES PARA O SEU FIM DE SEMANA 30/31
REGIÃO/Côr MARCA PREÇO (€) MINHO Branco AC Ponte da Barca Loureiro 2.50 Casa de Oleiros Avesso 2.50 Adega de Monção 2.10 Avelleda Follies Loureiro – Trajadura 4.59 Quinta da Lixa Trajadura 2.99 Douro Tinto AC MEDA 2.99 Plátano Velho 3.50 CARM 7.20 Porta Velha 4.00 Quinta dos Avidagos Reserva 2006 8.00 Douro Branco Dourorosa 5.00 Villa Régia 3.50 Evel 3.50 Grandjó 2.99 Mural 3.50 Dão Tinto Quinta da Garrida 4.00…
MIGUEL TORGA – Excerto de « As vindimas»
Vinho e Volúpia «….. De aí a nada, arregaçados, os homens iam esmagando os cachos, num movimento onde havia qualquer coisa de coito, de quente e sensual violação. Doirados, negros, roxos, amarelos, azuis, os bagos eram acenos de olhos lascivos numa cama de amor. E como falos gigantescos, as pernas dos pisadores rasgavam mácula e carinhosamente a virgindade túmida e feminina das uvas. A princípio, a pele branca das coxas,…
FERNANDO PESSOA – Há Doenças Piores que as Doenças
Há doenças piores que as doenças, Há dores que não doem, nem na alma Mas que são dolorosas mais que as outras. Há angústias sonhadas mais reais Que as que a vida nos traz, há sensações Sentidas só com imaginá-las Que são mais nossas do que a própria vida. Há tanta coisa que, sem existir, Existe, existe demoradamente, E demoradamente é nossa e nós… Por sobre o verde turvo do…
GUERRA JUNQUEIRO – A VINHA DO SENHOR
Existiu noutro tempo uma vinha piedosa Doirada pelo Sol da alma de Jesus, Uma vinha que dava uns frutos cor-de-rosa, Vermelhos como o sangue e puros como a luz, Inundavam-na d’água os olhos de Maria, E os virgens corações dos mártires, dos crentes, Eram a terra funda aonde se embebia A mística raiz dos pâmpanos virentes. Produzia um licor balsâmico, divino, Que aos cegos dava luz, aos tristes dava esp’rança,…
QUINTA DO MONTE D’OIRO – Uma das belas quintas senhoriais de Alenquer
Localizada na Estremadura, na região de Alenquer, a Quinta do Monte d’Oiro é conhecida desde o séc. XVII como um local privilegiado para a produção de grandes vinhos. O objectivo do produtor José Bento dos Santos é a elaboração de vinhos de alta qualidade de estilo europeu, respeitando as qualidades e as mensagens do terroir existente – uma combinação única e irrepetível de solos e clima. Os vinhos da Quinta…
Vinho de Colares Doc
DOC Morada Al. Coronel Linhares de Lima, n.º 32 – Banzão 2705-351 Colares Telefone 21 928 80 82 21 929 12 10 Fax 21 928 80 83 E-mail adega-regional-colares@clix.pt No Concelho de Sintra, situa-se uma pequena zona vitícola, que produz um vinho de cor rubi, mas que, com o envelhecimento, ganha um aveludado e bouquet excepcionais. È muito antiga a cultura na região, data de 1255. O vinho de Colares…
O VINHO DE BUCELAS DOC
A fama do vinho de Bucelas é bastante antiga, julgando-se que a cultura da vinha foi introduzida na região pelos romanos. O Marquês de Pombal interessou-se muito pelo vinho de Bucelas e diz-se que com a finalidade de valorizar a cultura da vinha, importou algumas castas do Reno alguns autores, pelo contrário, afirmam que as castas do Reno são originários de Portugal e que teriam sido transportados para a Alemanha…