Chefe Daniel Pinheiro Chefs Gastronomia Receitas

Chanfana de borrego à moda da Bairrada

borrego
São muitas as versões existentes sobre a origem da chanfana um dos pratos de carne mais típicos da cozinha portuguesa.
Existem outras versões romanceadas que ligam esta iguaria aos episódios das invasões Francesas, porém com fraca sustentação documental. Aquela que mais se aproxima da realidade segue o raciocínio lógico e pragmático do povo.
 
Enquanto jovem, a cabra seria útil para produzir leite, procriar e manter as terras férteis e limpas. Depois de velha a sua carne era aproveitada para chanfana. Na impossibilidade de manter tamanho rebanho optaram por cozinhar a sua carne em vinho tinto e outros temperos que permitiam a sua conservação por um longo período de tempo. E assim prevalece até aos nossos dias dos pratos mais emblemáticos da nossa história. Deixo-vos a minha versão da receita e a acompanhar um espumante bruto tinto os aromas mais comuns neste espumante são a combinação perfeita entre frutos vermelhos com flores do tipo violeta e rosa.

Ingredientes

  • Cabra
  • Toucinho gordo
  • Alho
  • Salsa
  • Cebola
  • Louro
  • Banha de porco
  • Vinho tinto “Bairrada”
  • Colorau
  • Cravinho
  • Sal pimenta

 

Modo de Preparação

  • Cortar a carne de cabra em pedaços, lavar bem e escorrer.
  • Colocar a carne num tacho de barro preto, adicionar o alho picado, a cebola em meias luas, o louro, a banha, o toucinho gordo em pedaços, o sal, a salsa em rama, a pimenta, o cravinho e o colorau.
  • Regar com o vinho tinto e tapar.
  • Ferver um pouco em cima do fogão.
  • Levar ao forno.
  • Deixar cozer durante 2 horas mais ou menos.
  • Servir no próprio tacho.

Guarnecer com batata cozida com a pele.

1 Comentário

Deixe o seu comentário