Vinhos Verdes

Capa sb 2
Socalcos do Bouro, Amares – Braga, Puros Vinhos Verdes !
A paisagem aqui é magnífica e representa o que se pode vislumbrar e contemplar quando se percorre um pouco da Região de Vinhos Verdes! E mais ainda quando somos surpreendidos com qualidade em desconhecidos. Caso para questionar E se um produtor desconhecido lhe der um vinho a provar? A minha visita Sim, claro que aceito provar. E de todo fiquei surpreendido com tamanha qualidade do vinho aqui produzido. O Solo…
qs-a-quinta-1
Quinta de Santiago – Monção
História A Quinta existe desde o fim do século XIX (1899), é um legado deixado aos descendentes da fundadora, Maria de Lima Esteves Santiago, está situada na Sub-Região de Monção-Melgaço. As Vinhas Ao todo são 9 hectares, e são diversas as gerações que até aos dias de hoje souberam preservar esta valiosa que salta para a ribalta dos grandes vinhos verdes. Os solos são franco-argilosos e o clima aqui é…
logo-quinta-de-pacos
QUINTA DE PAÇOS – Casa de Paços (Barcelos) e Casa do Capitão-Mor (Monção)
Há produtores que passam despercebidos ao público em geral que teima em não procurar esta grande preciosidade que Portugal tem que é produzir excelentes vinhos em cada canto. PORTEFÓLIO Clique nas imagens para ampliar Ousadia, arrojo, genuididade e originalidade caracterizam os vinhos produzidos em 200 hectares, repartidos por diversas propriedades entre os concelhos de Barcelos e Monção. O UNIVERSO DA QUINTA DE PAÇOS BARCELOS MONÇÃO Casa de Paços Casa do…
LOGO3
QUINTA DE CURVOS
DISPONÍVEL EM   A Quinta de Curvos produz dos vinhos verdes mais genuínos e mais típicos. Para tal beneficia da proximidade do Oceano Atlântico, fator este que confere aos vinhos aqui produzidos uma frescura acima da média, de excelente acidez,num solo assente em granito que permite alguma conservação de calor. Assim e fazendo uma ligeira resenha histórica, a Quinta existe há mais de 4 séculos! Património histórico e cultural que…
ACPB LOGO
ADEGA DE PONTE DA BARCA – VINIVERDE
A Adega de Ponte da Barca, à semelhança que a maioria das adegas cooperativas em Portugal, surgiu entre os anos 50-60. Neste caso concreto em 1963. As áreas de produção situam-se entre os Rios Lima e Vez, totalizando perto de 1000 hectares, pertencentes a mais de 1000 associados. Sinónimo de matéria-prima mais que suficiente para produção de grandes quantidades, sem descurar a qualidade e que é muita a que daqui…