Chefe Daniel Pinheiro Chefs Gastronomia Receitas

Chef Daniel Pinheiro sugere Pudim Abade Priscos

pudim abade priscos
Esta semana trago uma receita para adoçar o palato.
O pudim Abade Priscos da sua origem remonta aos confins do conventual onde tem a particularidade deveras intrigante que está por detrás da origem desta receita.
 
Curiosidades:
Antigamente nos conventos, as freiras usavam as claras dos ovos para as lides da casa, para engomar a roupa.
E era importante para o aproveitamento das gemas uma vez que sobravam muitas. Encontrar uma receita onde se pudesse gastar as gemas, foi assim que foram surgindo receitas conventuais. 
Pois o que dá o nome as receitas são as caldas de açúcar e as gemas.
 
Para acompanhar este belo doce sugiro um vinho do porto vintage pois é do melhor que temos para oferecer, um vinho ímpar que gera apreciadores em todo o mundo.

Ingredientes (para 10 pax)

 

Elementos de Base

Gemas

Açúcar

Agua

Presunto

Vinho do porto

Caramelo

Fios de ovos

Tempo médio de confecção

 

 

 

Unid.

Kg

Litro

Kg

Litro

Q.b.

Q.b.

50

Minutos

 

 

 

 

30

0,500

0,250

0,150

0,050

 

 

 

 

Confecção

  • Preparação da sobremesa
  • Fazer caramelo.
  • Caramelizar uma forma de pudim.
  • Fazer fios de ovos.
  • Misturar o açúcar, água e presunto, numa caçarola.
  • Levar a ferver até ficar em ponto de pérola fraco.
  • Misturar o vinho do porto na calda.
  • Colocar as gemas numa tigela e ligar a calda de açúcar mexendo sempre para não engrumar.
  • Colocar o creme na forma de pudim.
  • Levar a cozer em banho-maria no forno a 180º, aproximadamente 45 minutos.
  • Retirar do forno e deixar arrefecer.
  • Desenformar sobre um prato.
  • Decorar com os fios de ovos.

Deixe o seu comentário