Chefe Daniel Pinheiro Chefs Gastronomia Receitas

Chef Daniel Pinheiro sugere Chateaubriand

Chateaubriand

Não há tanta novidade em dizer que o filé mignon é das carnes mais nobres e, sendo assim, é estrela de uma série de pratos famosos. Entre elas está o Filé à Chateaubriand, uma generosa porção individual, que deve beirar 400 gramas, ter cerca de 5 centímetros de altura e sem gorduras. “Ele é a ‘cereja do bolo’ no capítulo filé mignon! E assim como o tornedó, o medalhão e o escalope, é um dos cortes que derivam dessa peça tão nobre de carne”.

“Deve ser servida bem passada por fora e malpassada por dentro”, complementa. O Chateaubriand figura no cardápio de restaurantes clássicos dos quatro cantos do mundo e teve origem em um berço culturalmente gastronômico: a França! Conta-se que teria sido feito em homenagem ao diplomata e escritor François René Auguste de Chateaubriand, conhecido como Visconde de Chateuabriand, que foi um dos grandes nomes da literatura romântica europeia.

Como a grande vedete é a carne, os acompanhamentos desse filé não são ditados assim tão à regra. Mas boa parte das enciclopédias sugere cogumelos ou vegetais grelhados. “Os clássicos sempre acompanham legumes. Para não fugir da tradição, sugiro um trio de batatas, dos tipos inglesa, doce e baroa”, dá a dica a chef.

Como é um Clássico então também sugiro um Clássico dos nossos vinhos um Esporão Reserva private selection 2014 Tinto a sua estrutura e personalidade e perplexidade  resultam das condições climatéricas , da seleção das melhores uvas do nosso terroir e da criatividade dos enólogos, com um aroma de fruta preta madura, algum tabaco fresco misturado com notas de cacau e um tostado ligeiro de barricas. Apresenta também um paladar de textura sedosa, denso e firme, com a estrutura do tatino a conferir longevidade e persistência.

INGREDIENTES

  • Lombo de vaca
  • Sal
  • Pimenta
  • Óleo
  • Molho bearnês
  • Batata ponte nova
  • Agriões (facultativo
  • Limpar o lombo de vaca e atar.
  • Molhar em óleo e grelhar.
  • Aquecer a tábua para empratar.
  • Escolher os agriões e lavar.
  • Fritar a batata ponte nova.
  • Colocar o lombo de vaca na tábua sem o fio de norte.
  • Decorar com os agriões, temperados com molho Vinagrete.
  • Servir o molho Bearnês em molheira.
  • Servir a batata ponte nova em alcachofra.

Deixe o seu comentário