Vinhos Wines

Prensagem e Defecação-Sedimentação

Método Clássico

Prensagem

O equipamento utilizado para a realização desta operação é a prensa. Existem vários tipos de prensas, mas atualmente o mais utilizado é a prensa pneumática, pois permite prensar com diferentes pressões, sem dilacerar as grainhas, evitando assim a passagem para o mosto ou vinho, de compostos indesejáveis (taninos agressivos), existentes nas grainhas.

Método Clássico
Método Clássico

A prensagem é então a operação que consiste na extração de líquido – mosto ou vinho de prensa – através da pressão exercida sobre os bagos (no caso da vinificação de brancos ou rosés) ou massas (mistura de películas e grainhas, no caso da vinificação em tintos).

Defecação – sedimentação

A defecação, sedimentação ou ainda decantação, é a operação que se realiza, principalmente na clarificação dos mostos brancos.

20081-x4hvve2u5s-whr

Os compostos mais pesados existentes no mosto, ao ficarem estáticos durante um determinado período de tempo, e sujeitos à ação da gravidade, acabam por sedimentar e ficar depositados no fundo do depósito que os contém.

15875027_6mq3f

Desta forma, ficamos com duas fases distintas, as borras no fundo do depósito, e o líquido limpo, acima das borras. As duas fases nítidas permitem-nos então separar o líquido limpo (que queremos reintegrar no processo) e as borras, que terão outro destino diferente.

Os equipamentos normalmente utilizados, são as próprias cubas existentes na adega.

Como curiosidade, se quiser experimentar fazer uma decantação em casa pode facilmente fazê-lo, basta fazer um sumo de laranja, deixá-lo repousar no copo por algum tempo.

Verá que terá duas fases distintas, um sumo mais límpido na fase superior, ao passo que no fundo do copo terá os constituintes mais pesados do sumo – tal como as borras do seu sumo de laranja!

1 Comentário

Deixe o seu comentário